ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  18    CAMPO GRANDE 

Política

Bolivianos interditam ponte e fecham a fronteira

Por Redação | 12/09/2008 07:44

O Comitê Cívico da cidade de Arroyo Concepción, na Bolívia, fechou a zero hora de hoje a fronteira com a cidade de Corumbá, no Brasil. Os manifestantes fizeram morros de terra ao longo da ponte que liga as duas cidades, impedindo a passagem de carro. Apenas os alunos bolivianos que estudam nas escolas de Corumbá estão autorizados a passar.

De acordo com o presidente do comitê, Carlos Vargas, o fechamento deve durar 72 horas. No lado boliviano da fronteira o comércio foi fechado e o posto da Aduana foi tomado pelos membros do comitê. Os 160 integrantes da policia nacional e do exército se retiraram da fronteira.

Segundo Vargas, eles protestam contra as mortes dos oito bolivianos ontem, nos confrontos no Estado de Pando, um dos cinco estados Bolivianos que fazem resistência a Evo Morales e reivindicam autonomia de governo.

O Comitê Cívico de Arroyo Concepción faz parte da província de German Bush, e conta com sete mil pessoas, caso Evo não atenda as reivindicações, os manifestantes ameaçam fechar o duto que libera gás para Corumbá, na cidade de Carmo, na Bolívia.

Puerto Quijarro

Nos siga no Google Notícias