A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

20/08/2009 14:27

Câmara aprova congratulação a senador que criticou PT

Redação

Com votos inclusive da bancada petista, os vereadores de Campo Grande aprovaram nesta quinta-feira uma moção de congratulação ao senador Flávio Arns (PT-PR) que criticou a postura do próprio partido com relação ao arquivamento dos processos contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Arns chegou a declarar que tem vergonha de ser filiado ao PT e que deixará o partido.

A vereadora Thaís Helena, que é presidente municipal do PT, disse que a decisão de votar a favor da proposta foi para evitar um debate eleitoral e que não representa a opinião nem dela e nem do colega Cabo Almi (PT).

"Não é uma coisa que prejudica. Não concordamos com o posicionamento, mas não queríamos criar polêmica. Somos minoria e a moção seria aprovada de qualquer maneira", afirmou.

O vereador Cabo Almi (PT) também disse que não concorda com a moção, mas que votou a favor da proposta porque "a Câmara é uma Casa Franciscana". A moção foi apresentada pelo vereador Cristóvão Silveira (PSDB).

Em um trecho da moção, a postura de Flávio Arns é chamada de ética, corajosa e destemida.

A moção foi aprovada por 17 votos a 1. O único voto contrário partiu justamente do vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, que é do PSB. Carlão afirmou que não há nenhum mérito na postura do senador Flávio Arns já que "o senador paranaense não fez mais que sua obrigação ao votar de acordo com a consciência".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions