A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/11/2010 07:13

Câmara dá última chance para defesas de Artuzi e Cantor

Redação

As testemunhas arroladas pelas defesas do prefeito afastado de Dourados, Ari Artuzi (expulso do PDT), e do vice-prefeito Carlinhos Cantor (DEM) têm hoje a última oportunidade de depor na Câmara Municipal.

Presos desde primeiro de setembro, Artuzi e Cantor são alvos de comissões processantes no legislativo municipal, após o esquema de corrupção denunciado na Operação Uragano, da Polícia Federal.

Na última quinta-feira, somente três das oito testemunhas convocadas pela defesa de Cantor compareceram à Câmara. No caso de Artuzi, nenhum dos dez convocados compareceu.

Hoje, a partir das 8h, está previsto o depoimento de cinco testemunhas de defesa de Cantor, incluindo Eleandro Passaia, o ex-secretário municipal de Governo que gravou o pagamento de propinas.

Também não foram ouvidos Alexandre Silva de Assis, Sandra Pissini Espíndola, Jackeline Fernandes da Silva, João Carlos Bataglin, Edilson Semzack, Darci Caldo e Alziro Moreno.

A partir das 9h, a Câmara pretende ouvir as testemunhas de Artuzi. Como três nomes foram indeferidos e a defesa desistiu de ouvir outras três pessoas, são aguardadas as presenças de somente quatro testemunhas: Sizuo Uemura, Eduardo Uemura, Darci Caldo (ex-secretário de Artuzi) e Ademir Osiro, ex-diretor do Inmetro.

Após os depoimentos, a Câmara tem cinco dias para fazer as considerações finais. Depois deste prazo, a comissão elabora o relatório pedindo ou não a cassação de Artuzi e Cantor.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions