A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/12/2009 10:35

Câmara de Dourados retira mais três projetos da pauta

Redação

O presidente da Câmara de Dourados, Sidlei Alves (DEM), anunciou há pouco a retirada de mais três projetos da pauta da sessão que será realizada às 14h desta segunda-feira. Em entrevista à rádio Grande FM, o democrata informou que os vereadores decidiram adiar a votação das mudanças no código tributário do município, o parcelamento de uma dívida do Hospital Evangélico com a prefeitura o projeto que estabelece novos salários para os médicos. Os três projetos foram encaminhados pelo prefeito Ari Artuzi (PDT).

Sidlei Alves disse que os três projetos serão votados em sessão extraordinária, sexta-feira às 9h. A sessão extra deve ser convocada hoje pelo presidente do legislativo. Neste caso, não haverá pagamento pela sessão extraordinária. Os vereadores de Dourados só têm direito ao chamado "jeton" quando a convocação é feita pelo prefeito.

De acordo com o presidente da Câmara, representantes de entidades dos setores produtivos do município pediram mais um tempo para discutir as mudanças propostas no código tributário, principalmente em relação à cobrança do ISS (Imposto Sobre Serviços). Até sexta-feira, os vereadores também vão analisar mais detalhadamente os outros dois projetos.

O Hospital Evangélico teria uma dívida de quase R$ 2 milhões com a prefeitura e pediu para fazer o pagamento parcelado. Já o projeto do salário dos médicos tenta adequar o valor para evitar medidas por parte do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Devido ao adicional pelos plantões, vários médicos tiveram o salário acima do vencimento do prefeito (R$ 13 mil), o que contraria a lei. Por isso o TCE determinou corte no valor pago aos profissionais. O projeto encaminhado à Câmara separa os plantões do salário.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions