A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/04/2016 22:20

Câmara de Ribas do Rio Pardo abre comissão processante contra prefeito

Nyelder Rodrigues

A Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo aprovou na noite desta terça-feira (5) a abertura de comissão processante contra o prefeito José Domingues Ramos, o Zé Cabelo (PSDB). O motivo é uma suspeita que ele usou verbas do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) para pagar secretários e até um motorista.

Segundo o 1º secretário da Câmara, Adriano Aparecido Nogueira (PV), a decisão a partiu de uma denúncia feita aos vereadores, após uma empresa que fez contrato com a prefeitura publicar no Portal da Transparência todos os valores recebidos pelos funcionários. Lá, foi possível verificar que quatro deles receberam recursos oriundos do Fundeb mesmo sem estarem em sala de aula, conforme preconiza a lei.

"Um diretor esportivo, uma diretora de cultura, um professora lotada em outra área e o motorista foram os que receberam", explica o vereador. A abertura da comissão foi aprovada com sete votos a favor e dois contra, dos vereadores Antonio Sérgio Cassin (PSD) e Sônia Maria de Oliveira Passos (PSDB). A vereadora Roseli Codognatto (PPS) não votou por motivo de doença na família.

Cassin, ao lado de Adão Coene Batista (PMDB) e Douglas Souza da Silva (PSC) vão formar a comissão processante, que terá 180 dias, segundo Adriano, para trabalhar no caso, com investigações parlamentares e convocação dos envolvidos para prestar depoimento na Câmara, e apresentar o relatório conclusivo que deve ser votado pelos vereadores.

Erro e valor devolvido - Segundo o prefeito Zé Cabelo, o pagamento irregular aconteceu após um erro da área de recursos humanos da prefeitura, e ocorreu apenas na folha do mês de fevereiro. "As secretárias de Educação e de Administração se reuniram com os vereadores, levaram todas as folhas e explicaram a situação. O conselho municipal do Fundeb também nos ouviu. O valor já foi até devolvido", conta.

Além disso, Zé Cabelo afirma ter sido pego de surpresa com a informação, já que está em Campo Grande esta noite. "Não sabia, você que está me contando sobre essa comissão. Eu até encontrei a Roseli hoje, ela veio visitar a mãe que está internada, e não sabia nem que seria votado. Ninguém de lá me ligou ainda para avisar", revela o prefeito, que viaja amanhã (6) para Brasília (DF).

"É necessário apurar os fatos e verificar se realmente houve um erro. Cabe a nós do legislativo apurar essa situação e ver se há culpados ou não", opina Adriano, que acredita que a situação seja mais um ponto negativo, diante da recente cassação de oito vereadores na cidade. "É mais um desgaste que acaba refletindo também na população", finaliza.

STJ nega a volta de todos os vereadores afastados na Câmara de Ribas
Além do agora ex-vereador Diony Erick de Souza, que renunciou no início da noite desta quinta-feira na Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, pouco ...
Justiça determina volta de vereadores afastados em Ribas do Rio Pardo
O Tribunal de Justiça (TJ-MS), anulou a liminar de primeiro grau da Justiça da Comarca de Ribas do Rio Pardo, e determinou que os oito vereadores afa...
Justiça determina afastamento de sete vereadores da Câmara de Ribas
A Justiça do Estado afastou hoje (13) sete vereadores e cinco servidores da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, distante 103 km da Capital, acusa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions