A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/03/2014 16:18

Câmara quer julgar Bernal na quarta, mas guarda barra acesso ao gabinete

Josemil Arruda
Bernal dificulta notificação para não ser julgado pela Câmara na quarta (Foto: arquivo)Bernal dificulta notificação para não ser julgado pela Câmara na quarta (Foto: arquivo)

A Câmara de Campo Grande pode julgar o prefeito Alcides Bernal (PP) já na próxima quarta-feira (12). Um servidor da Câmara, atuando como oficial de Justiça, está tentando notificar o prefeito para apresentar a defesa ou seu advogado, o desembargador aposentado Jesus de Oliveira Sobrinho.

No entanto, o prefeito mandou guardas municipais na saguão de acesso do Paço Municipal e eles estão impedindo que o funcionário suba até o gabinete do chefe do Executivo. Sem a notificação, os vereadores podem adiar a data do julgamento.

 “O prefeito está na prefeitura, mas não recebe ninguém”, informou o presidente da Câmara, vereador Mário Cesar (PMDB).

Segundo ele, caso Bernal não seja citado, também há a opção do advogado dele ser notificado e assim ser realizada a retomada da sessão de julgamento, que chegou a ser iniciado no dia 26 de dezembro do ano passado, mas foi interrompido por decisão do vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJMS), João Batista da Costa Marques. Decisão liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a volta da sessão de julgamento.

Indagado sobre o motivo de realizar a sessão na quarta-feira, Mario César respondeu: “Decidimos pela quarta-feira porque até lá tem tempo hábil para notificado o prefeito e ele poder exercer o seu direito de defesa. Precisamos ter a conclusão desse julgamento, precisamos terminar”.

 



Parece até brincadeira isso... encher de guardas a prefeitura pra não receber notificação (tentando ganhar tempo). Essa é a seriedade do prefeito.
 
Ronaldo Castor em 07/03/2014 16:39:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions