ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 31º

Política

Campanha atípica ganha espaço nas ruas, mas mantém foco na internet

Partidos dizem que as atividades presenciais possuem restrições, mas são importantes no pleito

Por Leonardo Rocha | 20/10/2020 13:05
Campanha eleitoral na área central de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami - Arquivo)
Campanha eleitoral na área central de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami - Arquivo)

Com quase um mês de campanha eleitoral, os candidatos aumentaram as atividades nas ruas da Capital, em reuniões, caminhadas e visitas, no entanto ainda citam muitas restrições em relação aos pleitos anteriores. Eles também reconhecem que precisam manter o foco nas redes sociais.

O presidente municipal do PT, Agamenon do Prado, citou que existe uma “campanha mista” dos candidatos da legenda, com espaço para vídeos, mensagens e ações nas redes sociais, assim como atividades nas ruas, em reuniões nos bairros da cidade. “Falamos que é a presença na nuvem e no chão”. Ele reconheceu que o contato direto com o eleitor ainda é necessário.

Antônio Lacerda, presidente municipal do PSD, admitiu que as atividades nas ruas estão aumentando, mas que com restrições, sendo um cenário diferente dos pleitos anteriores. “Em 2016, por exemplo, fazíamos 200 reuniões por dia, agora diminuiu bastante, mas este contato direto é importante”.

Para Ulisses Rocha, presidente do MDB, algumas reuniões e agendas em Campo Grande “lembram” as eleições passadas, mas que o cuidado com a biossegurança e medidas de prevenção, mostram que se trata de um ano atípico. “As reuniões são de 20 a 30 pessoas, a maioria de máscara, álcool em gel e todo cuidado, para seguir o novo normal”.

Criatividade - Lúcio Flávio Sunakozawa, presidente do Democratas, citou que o candidato precisa ser “criativo” nesta eleição, em função das limitações das reuniões presenciais. “O recado de cada candidato e suas propostas que estão sendo enviadas, acho que por uma esmagadora maioria, pelas redes sociais e nunca foi tão intensa como desta vez”, ponderou.

Para João César Mattogrosso, presidente municipal do PSDB, se trata de uma campanha “difícil e intensa” em que o candidato tem que usar “um pouco de tudo” que está disponível, para chegar ao eleitor. Em função da pandemia do coronavírus, a eleição neste ano irá ocorrer no dia 15 de novembro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário