A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/07/2014 12:09

Candidatos deixam para registrar candidatura na última hora em MS

Leonardo Rocha

Dos seis postulantes ao governo estadual, apenas um registrou sua candidatura no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), o professor Marco Antônio Monje (PSTU), os demais deixarão para formalizar a participação nesta disputa, amanhã (5), no último dia do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Os candidatos poderiam fazer este registro desde o dia 1 de julho, após as convenções partidárias.

Em função da confirmação dos candidatos, além da definição das chapas na proporcional, as coligações deixaram para última hora o momento de seu registro oficial. O TRE-MS ficará disponível, neste sábado, das 14h até às 19h, seguindo a resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A coligação do PT, que indicou o senador Delcídio do Amaral (PT) como candidato ao governo, comunicou que pretende fazer um ato político, com a participação de todos os aliados e por isto ainda não definiu o horário do registro.

Esta (coligação) é formada pelo candidato a vice, o deputado Londres Machado (PR), o médico Ricardo Ayache como opção ao Senado, e de suplentes ficaram a professora Leocádia Leocádia Petry Leme (PDT) e Joede Guimarães (PRP).

Já a coligação do PMDB, que lançou Nelsinho Trad (PMDB) na disputa para o governo, também informou que está decidindo o horário do registro, no sábado, e que até o final do dia divulga esta informação.Completam a chapa majoritária, a pastora Janete Morais (PSB), como candidata a vice, a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), opção ao Senado, o primeiro suplente, o empresário Celso Del Lago (PMDB) e o segundo (suplente), o ex vice - governador Moacir Kohl (PSB).

O grupo de aliados do PSDB já definiu seu registro para às 14h, assim que iniciar os trabalhos no cartório eleitoral. De acordo com a assessoria, irão participar os candidatos a deputado estadual e federal, além dos representantes dos partidos aliados.

A coligação tem o deputado Reinaldo Azambuja (PSDB), como candidato ao governo, a Professora Rose (PSDB), candidata a vice, o empresário o empresário Antônio João Hugo Rodrigues, opção ao Senado e o médico David Infante Vieira (PSD), como primeiro suplente.

Os partidos que lançaram chapa pura também deixaram para última hora o seu registro. O PP que lançou o vereador de Corumbá, Evander José Vendramini Duran (PP), como candidato ao governo e o ex-prefeito Alcides Bernal (PP), para disputa ao Senado, ainda não decidiu que horas vão fazer o seu registro. Mesma situação do professor Sidney Mello (PSOL), que ressaltou que até o fim do dia decide o horário, pois depende da vinda das lideranças do interior.

O PSTU foi o único que registrou com antecedência, no dia 2 de julho, os seus candidatos. Eles terão o professor Marco Antônio Monje como opção ao governo, Suel Ferranti, ficando com a vaga de vice e Valdemir Cassimiro de Souza, na disputa para o Senado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions