A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/12/2012 15:00

Categoria protesta contra decisão de Bernal de não reajustar salário

Luciana Brazil

Diante da afirmativa do prefeito eleito Alcides Bernal (PP), de que não quer reajuste do salário como chefe do Executivo, manifestantes estiveram na manhã desta quinta-feira (13) na sessão da Câmara para protestar. Eles alegam que a decisão de Bernal afeta diretamente o salário de 26 categorias.

A intenção é fazer com que o reajuste no salário do prefeito vá para votação na Casa. O salário de várias categorias é baseado no teto do prefeito.

Três auditores, munidos de um requerimento, afirmaram que o último reajuste salarial foi em 2004. “É um desrespeito. Queremos justiça’, dizia em alto tom a auditora da receita municipal Giane Yara da Costa.

Segundo eles, o acúmulo da perda, durante o período em que não houve aumento, soma 62%. 

Foi protocolado no gabinete do presidente da Casa, Paulo Siufi (PMDB), um requerimneto com um estudo detalhado, com embasamento legal sobre o salário do prefeito. Eles aguardam a resposta dos vereadores.

A vereadora Thais Helena (PT) ressaltou que o impacto na folha do município, caso haja o aumento, será grande. “De onde vai se tirar esse recurso? ”, questionou.



Concordo com a Dalva aumentar o salario em 63% a nossa vereadora diz que totalmente constitucional para os vereadores? e os funcionários não sabe aonde vai sair o dinheiro!!!!!
com certeza para os vereadores vai sair das arvores.KKKKKKKKKrsrsrsrs.
 
Cleide Meira em 13/12/2012 18:07:44
É muito engraçado, essa vereadora dizer que havera um impacto se for dado aumento para funcionáros, para os vereadores que se derão aumento de 63% não havera impacto, quem sabe o dinheiro dos vereadores brota em arvore, rrrrrrrrrrrrrrssssssss.
 
DALVA JUSTINA GARCIA em 13/12/2012 17:56:49
a tais helena fala que vai aumentar a folha para aumentar o salario dos funcionarios, e dos vereadores pode?
 
jane fernandes souza em 13/12/2012 16:51:22
Sem aumento desde 2004, e a culpa é do Bernal!
Os nobres edis deveriam ter um mínimo de vergonha e respeito com a população e retroagir no aumento dos seus próprios subsídios.
 
Edson dos Santos Marques em 13/12/2012 16:07:28
Ué, a vereadora Thais Helena está preocupada de onde irá tirar o recurso em caso de aumento? Mas para o aumento deles não se preocuparam com isso né. Quem sabe se eles não aumentassem só o próprio salário sobraria mais dinheiro para o restante.
 
rafael santos em 13/12/2012 15:15:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions