A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/03/2010 15:29

Celina deve deixar Assembleia para acomodar Tita e Marun

Redação

A licença médica da deputada Celina Jallad (PMDB), que luta contra um câncer desde o ano passado vai acomodar na Assembleia Legislativa, dois interessados na mesma cadeira.

Diogo Tita (agora no PPS) que assumiu no lugar de Carlos Marun (PMDB), eleito, mas licenciado para assumir como Secretário de Habitação do Estado, corria o risco de sair por conta do retorno do titular ao cargo.

Marun já anunciou que voltará à Assembleia, porque vai tentar a reeleição neste ano, o que significaria a saída de Tita.

Para Tita, o que deve acontecer é a deputada Celina pedir uma licença médica ampla até assumir como conselheira do TCE (Tribunal de Contas do Estado). "Essa é a solução mais prática, mas a decisão é do governador (André Puccinelli)", diz o deputado.

Tita afirma que não tem nenhuma reunião marcada com o chefe do Executivo e que acredita não ser preciso sequer marcar uma. "O André deve saber o que fazer. Somos companheiros políticos de longa data. Deixei de ser candidato a prefeito de Paranaíba para atender um compromisso político com ele", afirmou.

Celina se submeterá a uma nova cirurgia, no dia 24 deste mês, para a retirada de um carcinoma do seio esquerdo. No início deste mês, em sessão solene de homenagem às mulheres, ela fez um discurso de despedida da Assembleia.

O Campo Grande News tentou falar nesta tarde com a deputada, mas ela estava fazendo exames médicos.

A chefe de gabinete e a assessoria de imprensa da deputada disseram que apenas a assessoria jurídica, amanhã, poderia dar informações sobre o período de licença médica a ser pedido pela parlamentar. Marun, que está viajando, também não foi encontrado para falar sobre o assunto.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions