A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Abril de 2018

02/02/2018 09:28

Com adaptações e obra incompleta, Câmara retoma atividades nesta sexta

Secretários municipais e o prefeito Marquinhos Trad (PSD) participam sessão

Danielle Valentim e Kleber Clajus
Alguns cabos ainda estão sendo adaptados, mas o servidores asseguram que está tudo pronto. (Foto: Kleber Clajus)Alguns cabos ainda estão sendo adaptados, mas o servidores asseguram que está tudo pronto. (Foto: Kleber Clajus)

Com forte cheiro de cola do carpete instalado no Plenário da Câmara Municipal de Campo Grande e alguns cabos adaptados, a sessão desta sexta-feira (2) deve ocorrer normalmente, garantem os servidores. Secretários municipais e o prefeito Marquinhos Trad (PSD) participam da abertura do ano legislativo. Há previsão de que o secretário de governo Eduardo Riedel também participe.

(Foto: Kleber Clajus)(Foto: Kleber Clajus)

Nesta manhã, a grama ainda é colocada na fachada do prédio. Alguns cabos ainda estão sendo adaptados, mas o servidores asseguram que está tudo pronto e haverá sessão normalmente. O carpete do plenário foi colocado nesta quinta-feira (1º).

A obra do prédio, orçado em R$ 3 milhões, só deve finalizar entre outubro e dezembro de 2018, adiantou o presidente da Casa de Leis, vereador João Rocha (PSDB).

"Foi uma reforma significativa porque tinhamos problema de elétrica, hidráulica e internet. O que nos mexeu foi a acessibilidade. As obras foram finalizadas às 5h", disse.

João Rocha esclareceu que o prédio que sedia o legislativo foi desapropriado ainda na gestão do ex-prefeito Alcides Bernal, contudo o valor calculado pela Justiça, do qual já foi feito pagamento, está sendo questionado pelo antigo proprietário do imóvel.

Obras - Quem assumiu os trabalhos foi a empresa Age Comercial Ltda., empreiteira que venceu a licitação. Esta é a segunda intervenção estrutural no local em menos de dois anos.

Está incluído no projeto acessibilidade "da calçada" aos demais setores. A ideia reunir os gabinetes dos parlamentares só no primeiro andar. Na parte de cima do prédio, se concentram os demais setores administrativos e a presidência será ampliada. O plenário, onde os vereadores fazem as sessões, não terá grandes alterações.

A reforma anterior ocorreu em janeiro de 2016, onde foram investidos R$ 200 mil para a realização da pintura externa do imóvel, construção de novas salas, guarita, troca do telhado e readequações em quatro gabinetes parlamentares, na recepção da presidência.

Últimos trabalhos no plenário foram finalizados às 5h. (Foto: Kleber Clajus)Últimos trabalhos no plenário foram finalizados às 5h. (Foto: Kleber Clajus)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions