A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

04/09/2018 12:56

Com campanha curta, deputados focam ações na base eleitoral

Os parlamentares que vão buscar a reeleição preferem "reforçar times" em locais que já tem grupos formados

Leonardo Rocha
Deputados Amarildo Cruz (PT) e Eduardo Rocha (MDB), durante sessão (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputados Amarildo Cruz (PT) e Eduardo Rocha (MDB), durante sessão (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Com a campanha eleitoral deste ano tendo apenas 45 dias, o foco dos deputados que concorrem a cargos públicos, é priorizar as atividades nas suas bases eleitorais, para “reforçar o voto” nas cidades e segmentos que já têm apoio. Apesar deste cuidado, também tentam atrair novos públicos.

“Estamos focado nos municípios que já temos um trabalho realizado, onde nosso mandato chegou mais, com emendas, projetos e ações que conseguimos mediar junto ao governo estadual e federal. O momento é de reforçar o time que já existe, tendo uma atuação maior na campanha”, disse Mara Caseiro (PSDB), que tem trabalho maior no Conesul.

Amarildo Cruz (PT) relatou que conseguiu percorrer todos os municípios do Estado nos últimos meses e que com este curto menor de campanha, vai focar nesta reta final nas cidades que possui mais densidade eleitoral. “Fui em todos e agora estou retornando, tendo este trabalho mais focado. Temos uma atuação maior em Campo Grande, Três Lagoas e região leste do Estado”.

Para Eduardo Rocha (MDB) a redução para 45 dias foi uma decisão sensata da Justiça Eleitoral. “Ficou melhor, ninguém mais aguentava 60 dias de campanha, nem os eleitores e muito menos os candidatos, que precisavam gastar mais. Estou consolidando meu time e chegando a novos lugares, como a base do (Junior) Mochi, que estamos atrás de uma parte”, contou.

Dos 24 deputados, 19 vão tentar a reeleição na Assembleia, três optaram por disputar outros cargos na eleição, como Beto Pereira (PSDB) e George Takimoto (MDB) para deputado federal e Junior Mochi (MDB) ao governo. Também houve duas parlamentares que desistiram da campanha: Antonieta Amorim (MDB) e Grazielle Machado (PSD).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions