A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/06/2016 10:29

Com casos em MS, TSE manda investigar votos de eleitor que justificou ausência

Aline dos Santos
TSE identificou coincidência de voto e justificativa nas Eleições 2014. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)TSE identificou coincidência de voto e justificativa nas Eleições 2014. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) quer a investigação sobre diversas ocorrências de pessoas que justificaram a ausência e tiveram o voto registrado na urna durante as Eleições 2014. O tribunal não divulgou dados. Mas, conforme o portal G1, foram 77,4 mil casos de votos de eleitor que justificou ausência, sendo 701 ocorrências em Mato Grosso do Sul.

A apuração em todo território nacional foi solicitada pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, à Procuradoria-Geral da República e à Polícia Federal. “As pessoas justificaram a ausência e aparecem como votantes. Alguns casos podem decorrer de erros administrativos. Mas, como em algumas seções eleitorais há coincidências muito expressivas, a preocupação é que tenha ocorrido algum tipo de distorção, por isso, pedimos as investigações”, afirma o ministro.

A identificação das ocorrências foi possível com a informatização do processo eleitoral. “Ao efetuar cruzamento entre as justificativas por ausência na votação com a base de dados dos eleitores que efetivamente votaram, foi possível constatar o registro de voto por parte de eleitores que justificaram o não comparecimento”, informa Mendes.

Durante videoconferência, realizada na noite de quinta-feira (dia 9), Gilmar Mendes informou os presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais sobre os pedidos de investigação. As Eleições de 2014 elegeram presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions