A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

15/02/2018 09:56

Com obra atrasada, Assembleia improvisa plenarinho para sessão

Adequações no plenário principal do Palácio Guaicurus, executadas durante o Carnaval, não foram concluídas a tempo; espaço deve ser liberado na semana que vem

Humberto Marques e Leonardo Rocha
Com menos espaço, plenarinho foi usado nesta quinta-feira para receber sessão da Assembleia. (Foto: Leonardo Rocha)Com menos espaço, plenarinho foi usado nesta quinta-feira para receber sessão da Assembleia. (Foto: Leonardo Rocha)

A sessão desta quinta-feira (15) da Assembleia Legislativa será realizada no plenarinho do Palácio Guaicurus. A mudança de local se deve ao fato de as obras no plenário Julio Maia, realizadas durante o Carnaval, não terem sido concluídas. Devido as limitações do espaço, os trabalhos do dia serão realizados praticamente sem plateia.

O plenarinho é normalmente usado para sessões das comissões da Assembleia ou trabalhos que, costumeiramente, atraem menos público. Com dimensões reduzidas, não há no local mesas para abrigar todos os 24 deputados estaduais: no total, são 16 lugares sentados para os parlamentares, seis deles na mesa usada para presidir os trabalhos –o que forçará improvisos para a condução das atividades do dia, caso haja quorum máximo.

O espaço conta também com poucas fileiras de cadeiras para o público geral –que acaba usado por assessores e veículos de imprensa.

O plenário Julio Maia recebe os retoques finais da reforma realizada na Assembleia, que incluem as cadeiras. A expectativa é de que o espaço seja liberado para uso normal já na semana que vem.

O presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (MDB), já havia antecipado que, caso não fosse possível cumprir o cronograma das obras durante o Carnaval, o plenarinho seria a alternativa para a realização de sessões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions