A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

10/12/2010 20:26

Com prazo curto, partidos se articulam para eleições em Dourados

João Humberto e Aline dos Santos

O PT já programou reunião no diretório municipal amanhã.

De olho nas eleições para a prefeitura de Dourados, marcadas para o dia 6 de fevereiro do próximo ano, partidos como o PT e PMDB já começam a definir candidaturas e possíveis coligações.

Pelo calendário divulgado pelo TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), os partidos e coligações têm até às 18h do dia 4 de janeiro para registrar suas candidaturas. Já os candidatos, na hipótese de partido ou coligação não terem requerido, podem efetuar os registros até às 18h do dia 5.

Segundo o presidente do diretório regional do PT em MS, Marcus Garcia, o diretório municipal do partido em Dourados fará reunião amanhã, às 15h, para avaliar se lançará candidato próprio ou se vai fazer alguma coligação de apoio a candidato de outra sigla.

Já o deputado federal Vander Loubet (PT), que foi diplomado hoje, em cerimônia no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, acredita que o PT deve avançar nas conversas para decidir qual o melhor caminho a seguir. Ele explica que vê certa dificuldade em o partido se aliar ao DEM e PMDB, mas não descarta a possibilidade, contudo, destaca que o mais provável é buscar alianças junto ao PV e PDT.

Também diplomado, o deputado federal Marçal Filho (PMDB) frisa que não é candidato a prefeito, afinal, “seria um desrespeito com os eleitores que me elegeram deputado federal”. Para ele, a situação política em Dourados é desconfortável, mas o parlamentar torce para que seu partido tenha um representante na disputa.

O deputado federal Geraldo Resende e a prefeita interina de Dourados, Délia Razuk, são do mesmo partido (PMDB) e já colocaram seus nomes à disposição. “Espero que a pesquisa interna fique pronta logo para sabermos qual nome entrará na disputa”, ressalta Resende, que também foi diplomado.

Diplomado como deputado estadual, George Takimoto (PSL), que teve o nome cogitado a disputar a prefeitura de Dourados, disse ao Campo Grande News que sua pretensão é permanecer na Assembleia Legislativa, mas garante apoio ao candidato do PT.

Ficando em segundo lugar na disputa pela prefeitura de Dourados nas eleições passadas, o vice-governador Murilo Zauith (DEM) é um dos nomes mais fortes a entrar no pleito. É provável que seu partido tente buscar uma coligação de apoio junto ao PMDB.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions