A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/12/2010 20:26

Com prazo curto, partidos se articulam para eleições em Dourados

João Humberto e Aline dos Santos

O PT já programou reunião no diretório municipal amanhã.

De olho nas eleições para a prefeitura de Dourados, marcadas para o dia 6 de fevereiro do próximo ano, partidos como o PT e PMDB já começam a definir candidaturas e possíveis coligações.

Pelo calendário divulgado pelo TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), os partidos e coligações têm até às 18h do dia 4 de janeiro para registrar suas candidaturas. Já os candidatos, na hipótese de partido ou coligação não terem requerido, podem efetuar os registros até às 18h do dia 5.

Segundo o presidente do diretório regional do PT em MS, Marcus Garcia, o diretório municipal do partido em Dourados fará reunião amanhã, às 15h, para avaliar se lançará candidato próprio ou se vai fazer alguma coligação de apoio a candidato de outra sigla.

Já o deputado federal Vander Loubet (PT), que foi diplomado hoje, em cerimônia no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, acredita que o PT deve avançar nas conversas para decidir qual o melhor caminho a seguir. Ele explica que vê certa dificuldade em o partido se aliar ao DEM e PMDB, mas não descarta a possibilidade, contudo, destaca que o mais provável é buscar alianças junto ao PV e PDT.

Também diplomado, o deputado federal Marçal Filho (PMDB) frisa que não é candidato a prefeito, afinal, “seria um desrespeito com os eleitores que me elegeram deputado federal”. Para ele, a situação política em Dourados é desconfortável, mas o parlamentar torce para que seu partido tenha um representante na disputa.

O deputado federal Geraldo Resende e a prefeita interina de Dourados, Délia Razuk, são do mesmo partido (PMDB) e já colocaram seus nomes à disposição. “Espero que a pesquisa interna fique pronta logo para sabermos qual nome entrará na disputa”, ressalta Resende, que também foi diplomado.

Diplomado como deputado estadual, George Takimoto (PSL), que teve o nome cogitado a disputar a prefeitura de Dourados, disse ao Campo Grande News que sua pretensão é permanecer na Assembleia Legislativa, mas garante apoio ao candidato do PT.

Ficando em segundo lugar na disputa pela prefeitura de Dourados nas eleições passadas, o vice-governador Murilo Zauith (DEM) é um dos nomes mais fortes a entrar no pleito. É provável que seu partido tente buscar uma coligação de apoio junto ao PMDB.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions