A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/07/2012 11:13

Contas sujas, ex-prefeitos tentam voltar ao poder nesta eleição

Aline dos Santos

Com contas reprovadas pelo TCE, ex-prefeitos de Aral Moreira, Sidrolândia e Ribas do Rio Pardo são candidatos

Zé Cabelo, que lançou candidatura, foi cassado em 2002. Zé Cabelo, que lançou candidatura, foi cassado em 2002.

Com os nomes na lista de "contas sujas" do TCE/MS (Tribunal de Contas), ex-prefeitos de Aral Moreira, Sidrolândia e Ribas do Rio Pardo tentam voltar ao poder.

Irimar Carvalho Costa (PR) comandou a prefeitura de Aral Moreira, a 364 km de Campo Grande, por dois mandatos: entre 1996 e 2000. Na convenção do PR, realizada no último sábado, ele afirmou que vai disputar as eleições para atender um apelo popular. Com a prestação de conta rejeitada pelo TCE, Enelvo Felini (PDDB) é candidato para retornar ao comando do município de Sidrolândia.

Ex-prefeito de Ribas do Rio Pardo, José Domingues Ramos (PSDB), o Zé Cabelo, deixou o cargo de assessor especial no governo para disputar a eleição. Ele foi eleito para comandar o Poder Executivo em 2000. Dois anos depois,foi cassado por abuso de poder econômico, caracterizado com a distribuição de cestas básicas durante a campanha.

Foi realizada uma segunda eleição e Zé Cabelo, que obteve liminar para participar, venceu e reassumiu o cargo. Porém, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassou o registro da candidatura.

A lista do TCE tem 158 gestores que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas entre julho de 2004 e julho de 2012. Conforme o presidente do tribunal, conselheiro Cícero Antônio de Souza, compete à Justiça Eleitoral decidir se o gestor fica inelegível, ou seja, proibido de participar das eleições deste ano.

Segundo a legislação, são inelegíveis os que tiverem as contas rejeitadas por irregularidade insanável e que configure ato doloso de improbidade administrativa, por decisão irrecorrível do órgão competente.

Lista do TCE tem 158 políticos com contas reprovadas em MS
Na relação, há prefeitos, ex-prefeitos e ex-vereadorA Justiça Eleitoral recebeu a lista do TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado) com 158 gestores qu...
Congresso derruba veto que tornava autofinanciamento de campanhas ilimitado
O Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Michel Temer que permitia financiamento ilimitado de políticos para suas próprias campanhas eleito...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions