A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/01/2011 13:31

Ex-presidente do PT pede desfiliação

Paulo Fernandes

Fundador do PT é contra aliança com Murilo Zauith (DEM).

Ex-presidente do PT douradense por duas vezes (1989-1990 e 1999-2001), Enio Ribeiro de Oliveira pediu ontem a sua desfiliação do partido por discordar da inusitada aliança com o DEM em favor do candidato a prefeito Murilo Zauith. PT e DEM são adversários históricos.

Para Enio, o PT vive uma crise de identidade. “A bem da verdade, devo dizer que esta crise de identidade o PT a vem experimentando desde que elegeu para governador Zeca do PT e para prefeito em Dourados Laerte Tetila”, afirmou em artigo divulgado nesta terça-feira.

“Entendo que de agora em diante, em virtude de tamanha flexibilização do partido, não poderia mais continuar filiado e militante do mesmo”, acrescentou.

Enio deixou o partido após 23 anos de militância. Ele foi um dos fundadores e o primeiro presidente da 1ª Comissão Provisória do PT de Coronel Sapucaia (1990-1993), membro do Diretório Estadual do PT e o primeiro candidato a Prefeito do partido em Coronel Sapucaia (1992).

O prefeitável Murilo Zauith conta com o apoio de 15 partidos (DEM, PDT, PMDB, PP, PPS, PR, PRB, PRP, PSB, PSDB, PSL, PT, PTB, PT do B e PV).



Quem não consegue nadar contra a correnteza, o melhor que faz e procurar um barranco. Quando a maioria tende para um lado, pode significar que a minoria está errada e é de bom censo aceitar a decisão da maioria e esperar uma outra oportunidade. Quando queremos impor a nossa vontade "custe o que custar" não estamos pregando democracia, afinal é isso que a esquerda prega.
 
Valter Antunes Oliveira em 02/02/2011 06:28:50
É uma pena vermos que o grande partido de esquerda deixou-se submergir contagiado pelo poder nefasto das oligarquias que sempre dominaram e dominam o espaço político no Brasil; e aqui em Dourados e tbém no MS não poderia ser diferente, pois como disse o "companheiro" Ênio Ribeiro, já nos sentíamos traido desde a época da primeira administração de Zeca, como governador, pois ainda naquela época, deixou de lado o PSB,o PPS(ex PCB) e outros militantes que davam o seu "suor e sangue" para que a esquerda finalmente chegasse ao poder, como chegou a nível nacional; mas eis que aqui vivemos sonhos e desencantos, por atitudes polêmicas de um ex governador, que consegue ao mesmo tempo o aplauso da direita e a ira dos ex militantes de seu proprio partido(PT).. São profundamente equivocadas essas posturas ditadas pelo ex governador,. Posso dizer e vce sabe muito bem, professor Ênio,, que o socialismo continua a ser ainda a bandeira daqueles que acreditam na supremacia do homem sobre o capital e esses pseudos líderes políticos não devem ofuscar, e tão pouco acorrentar suas agremiações. São apenas instrumentos, ferramentas úteis a propósitos coletivos da maioria excluida do poder. Quando se mostram inadequadas ao uso ou ao momento histórico urgem ser descartadas, e isto o tempo dirá..
 
Gladero Cardoso Vieira Oliveira em 25/01/2011 09:48:22
"O prefeitável Murilo Zauith conta com o apoio de 15 partidos (DEM, PDT, PMDB, PP, PPS, PR, PRB, PRP, PSB, PSDB, PSL, PT, PTB, PT do B e PV)". Alguém me ajude: sobrou quem?! Por um momento pareceu-me que até o TRE estava incluído, devido a tantas siglas. Confundi-me: TRE é sigla do Tribunal Regional Eleitoral e não de algum partido político. Evidentemente o TRE faz parte do poder judiciário que é independente do poder legislativo. Perdoem-me, leitores, a minha confusão. Na época dos MDB e ARENA a confusão era menor. Eram menos siglas...
 
Carlos Alberto Cordeiro em 25/01/2011 04:06:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions