ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Política

CPI gastou R$ 350 mil em pouco mais de 6 meses de trabalho, calcula presidente

Por Vinícius Squinelo | 02/12/2013 20:55

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde, instaurada na Assembleia Legislativa, gastou R$ 350 mil em pouco mais de seis meses de trabalho por Mato Grosso do Sul. Foram cerca de R$ 58,3 mil mensais despendidos em estadias, viagens e pagamento de assessores.

A Comissão encerrou os trabalhos nesta segunda-feira (2), quando apresentou o relatório final, proposto pelo deputado estadual Junior Mochi (PMDB), aprovado pela maioria dos membros da CPI, e enviado a 14 órgãos regionais.

Segundo o presidente da Comissão, deputado estadual Amarildo Cruz (PT), foram 186 dias de trabalho, quando foram realizadas 35 audiências públicas e visitados 14 hospitais em 11 cidades do Estado.

A verba foi gasta entre pagamento de assessores parlamentares, despesas com viagens, hospedagens e outros, ainda conforma Amarildo.

Nesta terça-feira (3), a CPI deve apresentar um relatório completo e detalhado dos gastos com os trabalhos nos 186 dias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário