A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/04/2012 10:45

De olho na Câmara, Edil é homenageado ao deixar Secretaria

Fabiano Arruda e Wendell Reis
Edil deixa cargos na administração municipal para tentar quarto mandado de vereador em Campo Grande. (Foto: Marlon Ganassin)Edil deixa cargos na administração municipal para tentar quarto mandado de vereador em Campo Grande. (Foto: Marlon Ganassin)

O último dia de Edil Albuquerque como vice-prefeito e titular da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio) foi marcado por homenagens.

Durante cerimônia de troca de comando na secretaria nesta manhã, no Rádio Clube Cidade, em que Edil deixa o posto e Natal Baglioni assume, três convênios ainda foram assinados.

Um deles trata do Centro de Referência do Turismo Rural e Informações Turísticas, a ser instalado na BR-262.

O outro é um convênio para realização de pesquisa da demanda turística em Campo Grande. O terceiro diz respeito a protocolo de intenções para construção do centro de distribuição da Rede Econômica no Pólo Industrial.

Durante os últimos atos como secretário, Edil foi elogiado. O governador André Puccinelli (PMDB) prestigiou a ocasião de forma breve. “Ele tem o respeito e a consideração de todos. Foi, é e será, com nosso voto, vereador de Campo Grande”, pontuou.

Já a empresária Márcia Portocarrero disse que, administrativamente, Albuquerque tem muito a fazer pela Capital, ressaltando seu “carisma e rede de relacionamentos”.

O ex-prefeito de Campo Grande, Juvêncio césar da Fonseca, lembrou da competência administrativa de Edil à frente da Sedesc já em 1980.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB), por sua vez, considerou que Albuquerque evoluiu à frente da secretaria, o que fez com que a administração municipal e a cidade ganhassem.

Ele também ressaltou a tranqüilidade do hoje homenageado à frente de uma secretaria “muito grande”. Destacou ainda os programas desenvolvidos pela pasta que beneficiaram o agronegócio e a indústria.

Nelsinho considerou que a passagem de comando na secretaria será tranquila, já que Natal Baglioni tem conhecimento de toda a área para dar continuidade aos trabalhos.

Trad ainda se emocionou ao dizer que seu pai, Nelson Trad, estaria presente na cerimônia se estivesse vivo.

Fim do ciclo - Edil lembrou que, no início da gestão à frente da secretaria, foi orientado, pelo prefeito, a olhar para o homem do campo “como o ex-prefeito Lúdio Coelho fazia”.

Agradeceu a liberdade dada por Nelsinho para “que todos trabalhassem na secretaria” e disse ter orgulho das ações desempenhadas.

Nestes três anos à frente da Sedesc, Edil destaca o que considera como conquistas: a geração de empregos na indústria e no comércio; trabalho com agricultores familiares na produção e comercialização de alimentos orgânicos; o investimento nas incubadoras municipais; qualificação de trabalhadores para o turismo; crescimento do turismo de negócios; implantação das lan-houses públicas em 26 bairros da Capital, destes, três na área rural.

Prestes a ser candidato a vereador, Albuquerque tentará voltar à Câmara Municipal, onde já foi eleito por três mandados e presidiu a Casa de Leis.

Trad participa de cerimônia de troca de comando na Sedesc nesta quarta
O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), tem um compromisso público agendado nesta quarta-feira (4).Trad participa, às 8h30, no Rádio C...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


conheço o edil e sua familia a bastante tempo, já tive a oportunidade de trabalharmos juntos por algum tempo, posso afirmar que as homenagens feita a ele nesse dia são altamente justas,por se tratar de um companheiro sério, honésto e acima de tudo SIMPLES.
 
césar cortez em 04/04/2012 02:36:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions