A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/08/2013 07:47

Defesa alega depressão e síndrome para pedir prisão domiciliar a Freixes

Aline dos Santos
Ex-prefeito foi preso por corrupção no último domingo. Ex-prefeito foi preso por corrupção no último domingo.

A defesa de Raul Freixes, ex-prefeito de Aquidauana e ex-deputado estadual, vai pedir que ele tenha direito à prisão domiciliar. Ele foi preso na manhã de domingo, em Campo Grande. Desde então está no Estabelecimento Penal de Regime Aberto, na Vila Sobrinho. O político deverá deixar o local nesta terça-feira, quando será oficializada a entrada no sistema penal.

De acordo com o advogado Douglas de Oliveira Santos, o pedido de prisão domiciliar é porque o ex-prefeito sofre de doenças graves. “Depressão e Síndrome do Pânico, conforme atestado por psiquiatra”, afirma.

Santos explica que aguarda ter acesso hoje ao processo que resultou no mandado de prisão para entrar com pedido de habeas corpus no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). “Tinha entrado com um habeas corpus preventivo. Mas como ele foi preso, o pedido perdeu o objeto”, diz.

Segundo o advogado, a expectativa é que Freixes saia hoje à tarde. Ele deve deixar o local de dia para trabalhar e retornar à noite para dormir na prisão. Isso, se a decisão judicial não trouxer ressalvas que o impeçam de sair. O juiz Albino Coimbra Neto, da 2ª Vara de Execução Penal, determinou que a pena fosse cumprida em regime aberto.

O ex-prefeito foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão, além da inabilitação por cinco anos para o exercício de cargo ou função pública, por desvio de dinheiro enquanto ocupava a prefeitura de Aquidauana.

O Ministério Público moveu ação penal contra o ex-prefeito e outros funcionários da Prefeitura por conta da retirada de R$ 61 mil dos cofres públicos. Conforme a assessoria de imprensa da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Raul Freixes está numa cela com outros presos, todos com ordem de prisão no regime aberto.

O ex-gestor municipal tem um histórico de condenações judiciais, que acabaram por comprometer suas pretensões políticas. Em 2008, foi condenado por simular pagamento a uma empreiteira e ter efetuado saque de R$ 100 mil em 2000, nove dias antes de sair da Prefeitura.

Ainda em 2008, Freixes desistiu de ser candidato a vice-prefeito em Aquidauana. Em 2009, foi condenado por contratar advogado sem licitação. Em 2010, teve candidatura barrada pela Justiça.



“Depressão e Síndrome do Pânico, conforme atestado por psiquiatra”, lógico que ele tem isso tudo, está preso! Tudo conversa fiada pR figir da cadeia. só falta dizer que tem claustrofobia e não pode ficar em lugar fechado.
 
João Dias em 02/09/2013 17:20:13
garanto que uma surra de vara verde cura esse "enfermo"...
 
Ricardo Sitorski em 02/09/2013 15:53:41
Data Venia companheiro, se tem algo que não entendo é essa proteção jurídica que é concedida para bandidos, ser condenado a 4 anos em regime aberto é o mesmo que ser condenado a liberdade, a partir desse momento ele não poderá mais ser condenado em penas que o fechem totalmente numa cela, fico pensando o que rola para ter essas beneficias da lei, os processos de advogados comuns demoram eternidades para ser julgados, mas os de políticos anoitece no fórum e amanhece no diário oficial, isso é mais uma mazela do judiciário para proteger os ladrões do povo, há se fosse um ladrão de galinhas seria condenado a prisão perpétua sem direito a banho de sol, esse é mais uma prova que o Brasil só protege os mal feitores, exploradores dos pobres.
 
Antonio Carlos Zorg em 27/08/2013 21:52:32
Ele nunca teve Pánico do dinheiro público, depressão pós furto, vai ver o sol nascer quadrado por um bom tempo. Quando cheguei do Paeá para campó Grande , via ele na TV com uma grande moral, cheio bam bam bam, agora esta devendo na justiça.
 
juarez foreliza de assis em 27/08/2013 13:50:52
Tem que trancar e jogar a chave fora...
 
Carlos Magno em 27/08/2013 13:37:50
Falta de vergonha na cara é o nome da doença que ele sofre... ele estava "sãozinho" qdo metia a mao no dinheiro da prefeitura.. Quis se meter a ema.. agora aguente botar o ovo....
 
Ana Cristina em 27/08/2013 13:15:36
NA HORA DE ROUBA NAO TINHA DEPRESSÃO
 
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA CARVALHO em 27/08/2013 13:11:58
É sempre assim. Quando é pra pagar a pena, ficam deprimidos, doentes. Claro que ficam. Mas que não seja dado benefício.
 
Adriano Magalhães em 27/08/2013 12:59:42
Engraçado como todo político ao ser condenado e, em raríssimas vezes, quando preso para cumprir sua pena, alega ter síndrome do pânico, é doente. Mas enquanto surrupiava o povo trabalhador de toda forma nunca demonstrou qualquer problema que comprometesse sua saúde.
 
jose moraes em 27/08/2013 12:50:08
TEM QUE PRENDER O PSIQUIATRA QUE DEU O LAUDO
 
EMERSON MIRANDA em 27/08/2013 12:43:49
tem que prender esse psiquiatra que deu o atestado
 
EMERSON MIRANDA em 27/08/2013 12:42:51
Concordo plenamente com o Sr. Nelson Silva no seu comentario
 
carlos hugo em 27/08/2013 12:26:35
Nao entendi roubava porque tinha depressao? o tem depressao porque roubou?
E porque diz que tem depressao nao paga pelos crimes? que desculpa extranha essa.
 
Vera Lucia F. Santos em 27/08/2013 12:21:40
O advogado Douglas de Oliveira Santos deveria ter seu registro de OAB e seu diploma anulados perante a justiça, já que seu argumento para defesa é no mínimo degradante perante o judiciário pois o seu cliente na época em que cometia os atos ilegais nunca precisou ou foi diagnosticado com tais doenças. Mesmo hoje sendo diagnosticado com "Depressão e Síndrome do Pânico", tais argumentos podem ser respondidos pela parte acusadora como decorrentes da certeza de "cadeia" e isso foi causado por livre e espontânea vontade do acusado que praticou os crimes.
 
Alexandre de Souza em 27/08/2013 12:13:53
Engraçado pra passar a mão no dinheiro do povo, tava bonzinho, num dava nem dor de garganta, agora que a casa caiu cheio de doenças.....hahahahaha acorda Campo Grande, tem que ser igual a Lei de Talhão... "Olho por olho, Dente por dente" sem dó de Político ou Ex-Político Ladrão......
 
Carlos Eduardo A. de Ararujo em 27/08/2013 12:12:57
Já condenado e sentenciado somente agora o advogado vai ter acesso ao processo e somente agora vai pedir a prisão domiciliar. Por essas e outras que facínoras e foras-da-lei querem virar deputados, pra ficar imunes na pratica criminosa, principalmente no 155.Vale lembrar que na cadeia Freixas estará bem acompanhado, pois lá está cheio de deprimidos e em pânico, pânico de ocorrer uma rebelião e a PM invadir e regaçar. Prisão domiciliar... cada uma!!!
 
samuel gomes-campo grande em 27/08/2013 11:32:56
QUANDO TINHA MANDATO DE DEPUTADO ESTADUAL E SE BENEFICIAVA DA IMUNIDADE PARLAMENTAR (IMPUNIDADE), E APRESENTAVA PROGRAMA NA TV, PARECIA O PALADINO, "METIA O PAU" EM TUDO E EM TODOS, FAZIA O MAIOR CIRCO, DANDO UMA DE "MOCINHO", ´SO QUE ACHANDO QUE O POVO (ELEITOR) ERAM OS PALHAÇOS.
ESPERO QUE AGORA SEJA A HORA DA VERDADE. NÃO FIQUE IMPUNE.
O FEITIÇO VIROU CONTRA O FEITICEIRO.
PRECISAMOS PASSAR ESTE PAÍS A LIMPO. FORA OS POLITICOS CORRUPTOS
 
ROBERTO RIOS em 27/08/2013 11:32:55
Quando era apresentador metia o pau em gente corrupta , vai intender né .
 
Mai Soares em 27/08/2013 10:12:45
Tem que entrar em depressão por peso na consciência pelo dinheiro que tirou do povo, foi homem pra roubar, seja homem para cumprir sua dívida com a sociedade ficando preso "na tranca" sem benefícios que é lugar de todo corrupto.
 
Tony Martini em 27/08/2013 10:10:57
Incrível como quando se consegue fazer justiça nesse pais, logo a defesa dos acusados arrumam inúmeros meios para ludibriar a Justiça. Esse ex-prefeito e ex-deputado é a imagem mais clara e absoluta da corrupção e da impunidade. Ficou rico roubando os cofres públicos e merece ficar em prisão no regime RDD, pois não há nenhuma diferença entre ele e o Fernandinho Beira Mar, ambos são perigosos e devem ficar afastados da sociedade.
 
Nelson Silva em 27/08/2013 09:46:52
Se o homem tem síndrome do panico,como não teve medo de praticar todos esses crimes ao dinheiro publico,deve ter pago ao psiquiatra também para passar o atestado confirmando a doença,"mais um crime".
 
Lucas da Silva em 27/08/2013 09:10:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions