A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/03/2011 23:04

Delcídio falará com 4 ministros para liberar recursos para MS

Paulo Fernandes
senador Delcídio do Amaral afirmou que falará com 4 ministros (foto: Ítalo Milhomem)senador Delcídio do Amaral afirmou que falará com 4 ministros (foto: Ítalo Milhomem)

Coordenador da bancada federal de Mato Grosso do Sul, o senador Delcídio do Amaral (PT) irá se reunir na próxima sexta-feira (18) com quatro ministros para tratar de assuntos de interesse do estado, entre eles a garantia do pagamento das emendas individuais de 2008 e 2009, que não foi feito até agora.

Ele falará com os ministros Fernando Coelho (Integração Nacional), Mário Negromonte (Cidades), Miriam Belchior (Planejamento) e Antonio Palocci (Casa Civil).

O senador aproveitará o encontro para pedir a liberação de recursos suplementares aos R$ 5 milhões anunciados pelo governo federal, para recuperar os estragos causados pelas chuvas em várias regiões.

“A bancada está coesa e bem articulada com o governo do Estado e os prefeitos no sentido de obter os recursos. São várias frentes de luta. Primeiro vamos pedir à ministra Miriam Belchior. que garanta o pagamento de emendas já empenhadas nos Orçamentos de 2008 e 2009, e que até agora, por vários motivos, não foi efetuado”, disse.

“Além disso, vamos pedir recursos para a realização de obras que resolvam, definitivamente, os problemas das famílias e das áreas afetadas todo ano pelas chuvas de verão. Chega de meia sola”, prosseguiu o senador, durante reunião promovida esta tarde em Campo Grande, pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Delcídio afirmou que para garantir que todos os pedidos sejam atendidos, pretende agendar um encontro com o ministro Palocci. "Provavelmente para a sexta-feira, para obter o aval do Palácio do Planalto à nossa negociação”, salientou.

Além disso, o parlamentar sul-mato-grossense anunciou que na reunião já agendada com o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para a próxima quinta-feira, em Brasília, pedirá que a instituição baixe uma resolução para permitir que o Banco do Brasil facilite a renegociação das dívidas dos produtores rurais afetados pelas enchentes nos estados do Sul e do Centro-Oeste.

“A situação em São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, na Grande Dourados, em Chapadão do Sul e em Costa Rica é calamitosa. Muitos produtores perderam toda a safra e não terão como pagar os financiamentos bancários (...) é preciso uma resolução do Banco Central que atenda os produtores de todas as regiões afetadas pelas enchentes”, afirmou o coordenador da bancada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions