A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

19/08/2009 12:06

Deputado pede explicação ao BB sobre coação a produtores

Redação

O superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul, Ricardo Lot, terá de explicar porque a instituição estaria coagindo produtores rurais a retirar ação judicial na qual tentam reaver as perdas no rendimento da caderneta de poupança durante o Plano Verão.

Como parte da exigência, as unidades do BB só liberariam os pedidos de financiamento para a safra agrícola 2009/2010 caso os produtores desistissem das ações contra o banco.

Durante a sessão desta quarta-feira na Assembléia Legislativa, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) comentou matéria divulgada pela imprensa de Dourados, dando conta de que agricultores estão sendo coagidos a abrir mão de um direito líquido e certo para ter acesso às linhas de financiamento, ou seja, quem tiver processando o BB, não terá direito ao dinheiro do Plano Safra.

"Eu entendo que o Banco do Brasil tem que ajudar o País a crescer, mas está fazendo regredir", protestou Zé Teixeira.

Segundo o deputado, com essa atitude, o banco comete um descaso com seus clientes, principalmente em se tratando da classe produtora.

"Hoje o agronegócio contribui com 33% da produção do País", observou.

Zé Teixeira lamentou o fato e ressaltou que o produtor tem o direito de pedir revisão. "O banco não pode impedir que o cliente busque seu direito", sugeriu.

Ele e o deputado Reinaldo Azambuja (PSDB) devem apresentar na próxima sessão requerimento pedindo explicações sobre o caso ao superintendente do Banco do Brasil no Estado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions