A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

10/06/2015 12:58

Deputado quer apoio para que ferrovia Norte-Sul passe por Dourados

Leonardo Rocha

O deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB) solicitou uma articulação junto a bancada federal do Mato Grosso do Sul, para que o projeto da ferrovia Norte-Sul, que vai passar pelo Estado, não vá só até Três Lagoas e sim siga a rota original, que previa um ramal para Dourados, Maracaju e depois Porto Murtinho.

“Este traçado da ferrovia que passar por Três Lagoas foi um grande conquista, já que lá estão grandes empresas, porém depois deve seguir como no roteiro original, que seguia para um ramal em Dourados, vamos acionar nossa bancada em Brasília, para reverter esta situação”, disse ele.

De acordo com o parlamentar, a ferrovia Norte-Sul passa por Estrela d'Oeste (SP), entra no Estado por Aparecida do Taboado, segue Selvíria e entra em Três Lagoas, em 895 km de extensão. Entretanto a intenção é continuar este caminho com um ramal para Brasilândia e depois Paulicéia (SP), e outro ramal que iria para Bataguassu, Deodápolis, Dourados, Maracaju e depois Porto Muritnho.

“Conseguimos fazer com que a ferrovia passasse no estado, mas agora a luta não acabou, vamos brigar pelo trajeto original, faremos o devido apelo para bancada federal, temos que fazer esta movimentação política”, disse ele.

O deputado Zé Teixeira (DEM) ainda ressaltou que este investimento deveria ter sido feito há dez anos atrás, para apoiar o seto produtivo que foi o único setor que tem tido crescimento em época de crise. “Temos que buscar abrir esta economia no Brasil”.

A ferrovia Norte-Sul, lançada hoje, sai de Anápolis (GO), passa por Estrela D'Oeste (SP) e chega até Três Lagoas (MS) e terá 895 km de extensão. Os R$ 4,9 bilhões serão investidos na conclusão do corredor Norte-Sul no trecho Sul, com interligação com polo agroindustrial em Mato Grosso do Sul.

Três Lagoas reúne várias indústrias importantes para a economia do país. A falta da ferrovia para a região, exige que empresas mudam suas estratégias de mercado e consequentemente, percam o interesse pelos investimento no Estado. A intenção agora é que seja novamente previsto o ramal para Dourados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions