A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/06/2013 13:00

Deputados adiam ações da CPI, em função das eleições suplementares

Leonardo Rocha
CPI voltará as ações a partir de segunda, quando irá ouvir a secretária estadual Beatriz Dobashi (Foto: Cleber Gellio)CPI voltará as ações a partir de segunda, quando irá ouvir a secretária estadual Beatriz Dobashi (Foto: Cleber Gellio)

Os deputados que integram a CPI da Saúde da Assembleia Legislativa, que investiga supostas irregularidades no repasse de recursos públicos a unidades de saúde, resolveram “adiar” diligências que seriam feitas nesta sexta-feira, por conta da viagem de alguns integrantes ao interior para se dedicar as eleições suplementares.

O presidente da comissão, o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) estava planejando algumas visitas ou reunião interna, porém resolveu “ponderar” após pedidos de colegas, entre eles o deputado Lauro Davi (PSB), que ressaltou que iria aproveitar o prolongamento do feriado, para se dedicar as eleições suplementares. “Vou aproveitar o período para fazer campanha, já que existem candidatos do PSB participando das disputas eleitorais”, ressaltou o deputado.

Novas ações - A CPI convocou a secretária estadual Beatriz Dobashi, para prestar depoimento na próxima segunda-feira sobre o repasse de recursos públicos às unidades de saúde do Estado, nos últimos cinco anos. A reunião começará a partir das 15h, no “Plenarinho” da Assembleia Legislativa.

Eleições suplementares – Elas serão realizadas no próximo dia 7 de julho, nas cidades de Jardim, Figueirão, Bela Vista e Caracol. Os eleitores voltarão às urnas para escolher novos prefeitos e vice-prefeitos. A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) disponibiliza um canal para registro de denúncias sobre o pleito, através do site www.eleicoeslimpas.oabms.org.br ou pelo telefone (67) 9987-9235.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions