A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

14/09/2019 14:34

Deputados de Mato Grosso terão reunião sobre cota zero na Assembleia

Eles vão conversar sobre as regras impostas em MS, já que vão votar projeto parecido no estado vizinho

Leonardo Rocha
Plenário da Assembleia Legislativa, em Campo Grande (Foto: Divulgação/ALMS)Plenário da Assembleia Legislativa, em Campo Grande (Foto: Divulgação/ALMS)

Uma comitiva de sete deputados do Mato Grosso irá participar na próxima terça-feira (17), a partir das 10h, de uma reunião na Assembleia Legislativa, onde vão discutir o decreto da “cota zero”, que foi expedido pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Lá eles vão votar um projeto semelhante.

Antes de vir a Campo Grande, os deputados irão passar pelas cidades de Corumbá, Aquidauana e Miranda, para conversar com representantes dos pescadores e até de empresários do ramo hoteleiro, para buscar informações do Estado, que possam ser relevantes para discussão no Mato Grosso.

O deputado José Almi (PT) explicou que a comitiva também quer se reunir com as autoridades políticas, para troca de ideias sobre o assunto. “Eles me adiantaram que lá a regra será o transporte de um exemplar (peixe), de 5 kg, mais cinco piranhas, durante o período de cinco anos”.

Já o decreto estadual em vigor aqui permite, neste ano, o pescador amador levar até cinco quilos de pescado, um exemplar de qualquer espécie e cinco piranhas. A partir de 2020, o transporte de peixes será proibido, podendo consumir apenas no barranco.

O objetivo segundo o governo estadual é repovoar o número de peixes nos rios do Estado, além de incentivar a modalidade “pesque e solte”, para melhorar o turismo local. O deputado petista tentou suspender o decreto na Assembleia, no entanto seu projeto foi rejeitado pelos colegas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions