A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/03/2011 20:38

Deputados de MS integram comissões de transporte e agricultura na Câmara Federal

Jorge Almoas

Definição de comissões na Câmara Federal foi realizada hoje

Os deputados federais por Mato Grosso do Sul participaram nesta quarta-feira da composição das comissões permanentes na Câmara dos Deputados, em Brasília. Entre os temas que irão defender pelos próximos quatro anos está viação, transporte, agricultura e constituição.

Edson Giroto (PR) foi indicado pelo partido para ser titular na Comissão de Viação e Transporte. No primeiro encontro realizado nesta quarta-feira, o deputado destacou a importância da criação de um sistema de transporte aquaviário eficiente, visando a redução de custos com o transporte de cargas.

“Após a experiência de 14 anos como secretário de Obras [na prefeitura de Campo Grande e no governo estadual], afirmo que não temos outra saída para vencermos as barreiras da concorrência internacional”, disse Giroto, que pretende implantar o conceito de empresa estatal do setor ferroviário para as hidrovias brasileiras.

Giroto foi escolhido para atuar como suplente na Comissão de Turismo e Desporto.

Já o deputado federal Fábio Trad vai integrar a Comissão de Constituição e Justiça, grupo responsável pela análise de todos os procedimentos legislativos. Além da CCJ, o parlamentar foi indicado como suplente na Comissão de Defesa do Consumidor.

Para a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural o indicado para titular da pasta foi o deputado Reinaldo Azambuja (PSDB). Um dos primeiros assuntos abordados pelo tucano foi o Código Florestal.

“Nosso setor ganha um reforço importante com a entrada de Reinaldo nessa comissão, que todos temos certeza, irá fazer um trabalho brilhante”, comentou Eduardo Riedel, presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), que está em Brasília.

Azambuja também tomou posse como suplente na Comissão de Ciências e Tecnologia.

O critério para escolha dos nomes na composição das comissões é definido por cada bloco ou partido. PT e PMDB – por terem as maiores bancadas desta legislatura – ficaram com três comissões cada um. PP, DEM, PSDB e PR ficaram com duas. Os demais partidos ficaram com uma cada ou farão rodízio em 2011 e 2012.

Marco Maia, presidente da Câmara, deve se reunir com todos os integrantes das comissões para definir os procedimentos de trabalho. O parlamentar vai pedir aos presidentes que estabeleçam metas de votações neste primeiro semestre e que identifiquem as propostas prioritárias.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions