A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

16/12/2014 13:43

Deputados derrubam 4 vetos do governador e mantêm apenas dois

Leonardo Rocha
Deputados derrubam quatro vetos, entre eles o que prevê transparência nos programas habitacionais (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Deputados derrubam quatro vetos, entre eles o que prevê transparência nos programas habitacionais (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

Os deputados estaduais derrubaram quatro vetos do governador André Puccinelli (PMDB) e mantiveram apenas dois. Entre aqueles que foram derrubados pelos parlamentares, está o que prevê a divulgação e transparência da lista dos programas habitacionais, o que cria um ônibus para saúde nas escolas, além de programa para fibrose cística e estadualização de estrada de Naviraí a Iguatemi.

Os deputados resolveram seguir posição diferente do executivo, já que em algumas propostas já tinham o aval do novo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que vai assumir o Estado a partir de 2015. Este foi o caso da estrada da "Balsinha", que liga Naviraí ao município de Iguatemi, que irá pertencer ao Estado.

O deputado Onevan de Matos (PSDB) defendeu o veto, ressaltando que já tinha o compromisso de Azambuja para estadualizar a estrada e fazer investimentos, já que ela poderá se ligar a rodovia MS-180 (que está sendo pavimentada), contribuindo para região do Bolsão.

Paulo Corrêa (PR), um dos autores da proposta, inclusive ressaltou que já indicou uma emenda de R$ 10 milhões ao orçamento de 2015, para já começar o cascalhamento do local. Mara Caseiro (PT do B) também defendeu o projeto, ponderando que vai ligar os distritos da região aos municípios.

Transparência - Foi derrubado o veto ao projeto de Osvane Ramos (PROS) que prevê a transparência e divulgação da lista de espera para os programas sociais de habitação. O deputado Carlos Marun (PMDB) chegou a questionar a proposta, alegando que esta escolha não pode ser por tempo de espera e sim por questões sociais, atendendo a política nacional de habitação.

Após justificar que o projeto irá seguir os critérios nacionais, os deputados então apoiaram o projeto de Osvane e derrubaram a decisão do executivo estadual. O projeto de Marquinhos Trad (PMDB) que cria um ônibus para levar saúde preventiva às escolas também teve o apoio dos colegas, com a rejeição ao veto do governo.

Nesta lista ficou ainda o projeto de Maurício Picarelli (PMDB) que prevê realização de teste de triagem para prevenção de fibrose cística. Os deputados mantiveram o veto parcial a proposta de Pedro Kemp (PT) que trata de vencimentos de débitos de concessionárias de serviços públicos, assim como veto total ao projeto de Laerte Tetila (PT), sobre programa de energia solar.

Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions