A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

20/08/2013 13:00

Deputados do PT do B divergem sobre rumo do partido em 2014

Leonardo Rocha
Osvane defende abertura de conversa com Delcídio e Azambuja (Foto: Divulgação)Osvane defende abertura de conversa com Delcídio e Azambuja (Foto: Divulgação)
Márcio Fernandes afirma que partido seguirá aliança com o PMDB (Foto: Divulgação)Márcio Fernandes afirma que partido seguirá aliança com o PMDB (Foto: Divulgação)

O PT do B possui três deputados estaduais em Mato Grosso do Sul, no entanto eles não estão na mesma sintonia política, o deputado Osvane Ramos (PT do B) afirmou que o partido deve abrir diálogo com outros partidos, não descartando aliança com o senador Delcídio do Amaral (PT), já Márcio Fernandes (PT do B) garante que a legenda seguirá junto com o PMDB, apoiando o candidato escolhido pelo partido.

Fernandes destacou que sua posição é a oficial do diretório estadual que quer continuar a parceria com o PMDB, buscando inclusive mais espaço para legenda tanto na chapa como na administração estadual em 2014. “Estamos juntos com o governador André Puccinelli (PMDB) e não vamos seguir outros grupos, é uma situação definida”, argumentou.

Já Osvane Ramos voltou a dizer que o partido não tem “cacique” e que deve seguir independente e que a legenda já foi procurada pelo senador Delcídio (Amaral) e pelo deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). “Eles vieram atrás de nós, já o PMDB não nos chamou. É aquela história quem chega primeiro bebe água fresca”, afirmou ele.

Questionado sobre a parceria com Puccinelli, Osvane rebateu dizendo que André “manda no governo” e que no PT do B deve ser definido por seus filiados. “Vou defender esta abertura de diálogo e não precisamos ficar preso a uma única opção”, completou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions