A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/11/2012 12:26

Documento assinado por Trad e Bernal dá largada para transição

Fabiano Arruda e Paula Vitorino
Documento deve ser publicado na edição de amanhã do Diário Oficial do Município. (Foto: Minamar Junior)Documento deve ser publicado na edição de amanhã do Diário Oficial do Município. (Foto: Minamar Junior)

O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e o eleito, Alcides Bernal (PP), assinaram, nesta manhá, após cerca de uma hora de reunião, a primeira entre eles, documento que oficializa o processo de transição do governo municipal.

O termo deve ser publicado na edição de amanhã (14) do Diário Oficial do Município e, a partir de então, poderão ser marcadas agendas oficiais.

Nelsinho e Bernal estiveram acompanhados de suas equipes de transição. Em comum, disseram que vão seguir os procedimentos determinados em lei, disciplinados em normativa baixada pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) em setembro.

O peemedebista afirmou que está pronto para atender uma transição “tranquila e democrática”. “A partir deste momento temos que olhar para o futuro e desenvolvimento da cidade. Esse foi o encaminhamento que tive com o prefeito Alcides Bernal”, disse Trad, assegurando que sua intenção é subsidiar o prefeito eleito com informações necessárias “para que ele possa traçar um plano de ação imediato”.

Já Bernal endossou o discurso e assegurou que está “recebendo as informações necessárias” para que no dia 1º possa iniciar seu mandato. Ele garantiu que seu objetivo é atender Campo Grande e fazer com que a relação com Nelsinho, que lembrou vir desde à época que eram vereadores juntos, seja “de respeito” para “ajudar a administração e a população”.

Alcides Bernal e Nelsinho Trad concedem entrevista após cerca de uma hora de reunião, a primeira entre eles.Alcides Bernal e Nelsinho Trad concedem entrevista após cerca de uma hora de reunião, a primeira entre eles.

Discussões – Os “prefeitos” também ainda foram questionados sobre pontos que estiveram em evidência desde a campanha eleitoral.

Ao ser inadagado se aprovava a decisão de Nelsinho em sinalizar reajuste de 5,31% para o IPTU 2013, Bernal voltou a dizer que a responsabilidade do tributo é exclusiva da atual administração. “Ele, dentro de sua administração, entende que esse valor era uma necessidade. Nós queremos um imposto justo e que não pese mais para o contribuinte”, comentou o progressista, que teve no congelamento do imposto uma de suas propostas durante a eleição.

Outro ponto defendido por ele durante o pleito foi a possível anulação de contratos que julgasse, ao assumir no ano que vem, nocivos para a cidade. O prefeito eleito frisou que não teve acessos a qualquer contrato, o que deve ter a partir de hoje. “Estamos solicitando todos os documentos referentes a licitações”, pontuou, confirmando que “é possível rever”.

Nelsinho, por sua vez, considerou “inerente” a possibilidade de uma auditoria prometida pelo novo prefeito. “Penso que daqui para frente as ações devem ser pautadas pela responsabilidade, da qual tenho certeza que o novo prefeito comunga”, destacou.

Perguntado se vai dar total acesso às licitações à equipe de transição do progressista, Trad garantiu que vai permitir contato a “toda e qualquer informação que nós tivermos e estiver dentro da normativa (do TCE).

“Não nos furtaremos em passar (informações), até porque se eu não fizer isso vou infringir uma norma”, completou.



As promessas antes da eleição tudo era possivel, agora depois de eleito, as coisas são mais complicadas, fica difícil, o orçamento é pequeno, temos que estudar. E AI POVÃO MAIS UMA VEZ PALHAÇOS.
 
LUCIANO MARANGONI em 14/11/2012 07:18:21
por que essa equipe de bernal e desconhecida
 
CARLOS ALBERTO ALVES B em 13/11/2012 22:23:34
Ué o home prometeu congelar o IPTU..... Bom era só pra ganhar a eleição é claro TROUXAS!!!!!!
 
CARLOS LIMA em 13/11/2012 22:21:39
quando vai entra um prefeito para barrar essa taxa absurda de 70% de esgoto cobrada
na conta de agua? porque os vereadores nem tocam no assunto!
IPTU
IPVA
TAXA ILUMINAÇÃO PUBLICA
TAXA DE 70% DE ESGOTO
TAXA DE ASFALTO
vamos fazer uma lista e comparecer em massa no dia da posse dos vereadores e do prefeito para cobramos uma satisfação.
obs: o salario dos vereadores vai 9mil para 15mil (75%)de aumento e o nosso vai de 622 para 665 reais.(7%). Esso que é moralização pregada na campanha.
 
Roberto Silva em 13/11/2012 20:50:04
é bernal agora é trabalhar, não existem mais teorias agora será pratica
 
samuel vosni em 13/11/2012 18:48:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions