A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/10/2012 11:00

Dois candidatos querem governar pela primeira vez Paraíso das Águas

Alex Rodrigues, da Agência Brasil

Xixi ou Zé Hilário? Até o final do dia de hoje (7), um dos dois vai entrar para a história da pequena Paraíso das Águas como o primeiro prefeito eleito da mais recente cidade do Mato Grosso do Sul.  Dos cerca de 5 mil habitantes, 3,4 mil estão aptos a votar.

Ivan Xixi (PMDB) está em seu quarto mandato como vereador da cidade vizinha, Costa Rica, da qual Paraíso das Águas está se emancipando. Com o desmembramento do município, Costa Rica perdeu 3,2 mil quilômetros quadrados dos 4,8 mil quilômetros quadrados que formam a área total do novo município. Paraíso das Águas se localiza na região norte do estado, a cerca de 280 quilômetros da capital, Campo Grande.

Xixi é reconhecido pela população como um dos que mais se empenharam na luta para que o antigo distrito, com cerca de 5 mil habitantes, fosse elevado à condição de cidade.

Já o técnico agrário José Hilário (PT) é apontado como um dos mais bem-sucedidos fazendeiros da região. Ele é conhecido pela eficaz administração dos negócios que toca com a família. Em 2003, Hilário foi responsável pelas finanças da campanha do plebiscito que consultou as populações de Água Clara, Costa Rica e Chapadão do Sul sobre a criação da nova cidade. Ele disputa a prefeitura com o apoio do PT e do PSDB.

Os programas de governo apresentados pelos dois candidatos soam idênticos. Os dois falam em criar um hospital público, melhorar o transporte escolar e as estradas vicinais e regularizar, o quanto antes, toda a documentação necessária para que o município possa firmar acordos e convênios. A documentação organizada também é quesito para que o município possa receber recursos do Fundo de Participação dos Municípios. Esses aspectos são citados como prioritários por todos os eleitores de Paraíso das Águas ouvidos pela Agência Brasil.

Os dois candidatos prometem que, se eleitos, irão dar especial atenção à agropecuária, que consideram ser a vocação econômica do município. De acordo com dados não oficiais, Paraíso das Águas tem um rebanho de cerca de 150 mil cabeças de bovinos de boa qualidade.

"No primeiro momento, lógico que o carro-chefe continuará sendo a agropecuária, mas vamos trabalhar junto a Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul para trazer para a cidade indústrias de outros setores. E qualificar nossa mão de obra, inclusive com um ensino de ainda mais qualidade", disse Xixi.

"A agropecuária é a essência da economia da cidade. Proporcionando ao setor ir bem, estaremos propiciando que o comércio se viabilize, que frigoríficos se instalem, que a indústria do município se desenvolva. Temos várias oportunidades, mas para aproveitá-las precisamos de uma educaçãosaúde, infraestrutura e transportes eficientes", disse Hilário.

Os dois candidatos defendem a emancipação de Paraíso das Águas, um distrito de Costa Rica até 2003. Eles também destacam a importância da eleição de hoje, reconhecendo, contudo, que quem for eleito, enfrentará um grande desafio a partir de janeiro de 2013. Ambos calculam que, para dar conta de todos os serviços a cargo da prefeitura, contarão com um orçamento inicial de cerca de R$ 1 milhão.

"Obviamente, quem assumir enfrentará grandes obstáculos, mas que, com vontade e competência técnica e política, serão superados. o que as pessoas de outras partes do país tem que entender é a importância da divisão de algumas cidades como forma de oferecer à população um atendimento público de maior qualidade. Claro que, para isso, é preciso que o município demonstre que é viável economicamente e tecnicamente. Paraíso fez isso", comentou Xixi.

"A emancipação política é a melhor solução para uma localidade que, embora promissora, não recebe o devido estímulo para se desenvolver. Óbvio que, no inicio, haverá problemas. A arrecadação municipal não é pequena, embora seja insuficiente para que o futuro prefeito dê conta de tudo sem buscar apoio dos governos federal e estadual. Ainda assim, acredito que seja o suficiente para, com uma administração enxuta, para quem sabe administrar, toquemos as coisas", disse Hilário.

Como primeiros candidatos, os dois dizem que precisam afirmar a identidade do município e fazer com que a emancipação produza efeitos positivos para a vida as pessoas.

"Não podemos errar porque, se errarmos, todo o município vai cair em descrédito. Queremos ser um modelo das vantagens da emancipação feita com responsabilidade, de como, mesmo com os custos, ela é vantajosa para a população. Esperamos que daqui a dez anos as pessoas tenham orgulho ao dizer que nasceram ou vivem na cidade de Paraíso das Águas. Que elas digam que a emancipação valeu a pena", acrescentou Xixi.

"Paraíso das Águas tem que começar bem. Seja lá quem for eleito, vai encarar um pepino muito grande, mas é preciso ter coragem.   Eu inclusive tenho dito que se for preciso, o prefeito e os vereadores deveriam abrir mão de seus salários durante os seis primeiros meses", concluiu Hilário.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Chega ser Hilário essa história de Xixi na politica...
 
Antonio Mazeica em 07/10/2012 11:53:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions