A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018

07/10/2018 08:30

Eleição começa sem registro de problemas nas urnas, diz TRE-MS

TRE-MS não vai receber denúncias de forma direta na eleição; devem ser feitas para polícia e Ministério Público Eleitoral

Leonardo Rocha
Eleição começa sem registro de problemas nas urnas, diz TRE-MS
TRE-MS ainda não registrou ocorrência de problemas (Foto: Arquivo)TRE-MS ainda não registrou ocorrência de problemas (Foto: Arquivo)

A eleição começa sem ocorrência de problemas nas urnas eletrônicas de Mato Grosso do Sul, assim como nenhum incidente registrados no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Até o final do sábado (06), foram recebidas 115 denúncias por meio do portal da instituição e neste domingo (07), não vão receber diretamente as reclamações.

De acordo com o TRE-MS, as denúncias neste domingo devem ser feitas diretamente aos juízes eleitorais, assim como entrar em contato com a Polícia Militar (190) ou diretamente para o Ministério Público Eleitoral, por meio do telefone: (67) 3312-7200. Promotores também estarão percorrendo as seções eleitorais pelos municípios, para fiscalização “in loco”.

Já a Polícia Federal também vai esperar ser acionada pelos órgãos de controle, como promotores e juízes eleitorais, para que façam as ocorrências e diligências nos locais onde existe a denúncia, inclusive com a prisão de pessoas que estejam cometendo crimes eleitorais. Como existem agentes nas ruas, se for identificado uma ação em flagrante, eles então farão a autuação.

Denúncias – O TRE-MS disponibilizou até ontem (06), o sistema de “web denúncia”, onde as pessoas puderam registrar as ocorrências diretamente no site da instituição, podendo inclusive acompanhar o andamento da questão, sobre eventual punição ou se a situação foi arquivada.

Foram recebidas 115 denúncias ao total. A principal reclamação foi de propagandas irregulares de materiais gráficos, seja por panfletos ou cartazes. Em seguida, mensagens de candidatos por meio eletrônico, com as redes sociais, estão em segundo lugar de denúncias, somando 27. Compra de voto, arrecadação ou gastos ilícitos em campanhas e condutas vedadas para agentes públicos estão na terceira posição, com 18 denúncias.

Eleição começa sem registro de problemas nas urnas, diz TRE-MS


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions