A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/12/2011 00:50

Eleições em quatro municípios de MS terão identificação por digitais em 2012

Paulo Fernandes
Leitor biométrico garante mais segurança no momento da identificação para a votação (Foto: www.tse.jus.br)Leitor biométrico garante mais segurança no momento da identificação para a votação (Foto: www.tse.jus.br)

Além de Fátima do Sul, que já usou a identificação biométrica na última eleição, outros três municípios de Mato Grosso do Sul terão os eleitores reconhecidos pelas impressões digitais já para as eleições de 2012.

Os outros municípios sul-mato-grossenses escolhidos pela Justiça Eleitoral são Jateí, com 3.427 eleitores, Vicentina (4.580) e Camapuã (11.354), totalizando 31.647 votantes.

Eles constam em uma lista de 37 municípios publicada no Diário da Justiça Eletrônico da última quinta-feira. Um provimento da Corregedoria-Geral Eleitoral aprova a revisão eleitoral para uso da biometria nessas cidades.

Os outros municípios brasileiros escolhidos ficam em Minas Gerais, Piauí e Pernambuco. O provimento alcança cerca de 166 mil eleitores. Até o momento, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), mais de 6,8 milhões de eleitores foram convocados pela Justiça Eleitoral em 2011 para a revisão biométrica.

A Justiça Eleitoral afirma que o uso da biometria garante mais segurança no momento da identificação do cidadão durante a eleição. Com a nova tecnologia, um eleitor não pode se passar por outro na hora de votar, já que cada pessoa tem impressões digitais únicas.



Como tem gente que acredita em papai noel, tem gente que acredita que sistema digital de votação garante inviolabilidade.
Nenhum país no mundo aceitou o modelo de votação brasileiro, pois não existe como auditar o resultado. Nada adianta o eleitor ir votar, se no sistema de apuração existir fraude.
Me engana que eu gosto.
 
Fantomas da Silva em 04/12/2011 09:15:57
BRASIL...
Conheço tanto a esperança que este povo tem buscado
No meio desta política que pareces um reinado
Sai governo entra governo e povo sempre ferrado...
Acho que somos nós mesmo que buscamos o lado errado

Quando em época de campanha... Solução pra todo lado
No dia da votação comprimentos apertados.
Abraços são distribuídos, beijinhos de lado a lado
Ficamos todos felizes se achando o felizardo.

Mas na semana seguinte pacotão vem despejado
Derramam em cima da gente. meu voto foi pros quiabos
Fazer o que meu amigo sou mesmo este covarde
Faço parte desta droga chamada de eleitorado...

Não falo como censuras, falo como um retardado
Que em todas as eleições sempre escolhes um bom lado
E acabo pagando a conta de ministro e deputados
Que roubam em mensalão,do esporte e de todo lado...

Ainda fico contente correndo pra todo lado
Falando que sou brasileiro trabalhador e honrado
Que nunca desisto mesmo... Mas já estou bem cansado
De sustentar esta corja de malandro engravatado.

Vou terminar estas prosas pedindo ao pai do céu
Cuidar bem dos brasileiros que vivem de léu em léu
Morando nos viadutos ou embaixo deste céu
Esperando dos políticos, nova passada de mel...
( ZILDO)
 
zildo de oliveira barros em 03/12/2011 10:06:19
É isso aí Zildo!
O melhor de tudo, é que não precisamos entender de literatura nem de poesia
prá entender suas palavras. Não tem nada de entrelinhas... está tudo bem claro!

Se eu pudesse votaria;
mas agora,pra você fazer parte da Academia
Sul-Mato-Grossense de Letras
Será que algum político permitiria?

Parabéns e um grande abraço
 
Mariluci Rossi em 03/12/2011 07:03:54
É de suma importância a utilização de meios digitais para se combater fraudes. Existem nesse núcleo de municípios da redondeza de Fátima do Sul, escolas com maior número de alunos do que existem na realidade, imagina então, o de eleitores!!!
 
Wellington Sampaio em 03/12/2011 05:57:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions