A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/02/2012 15:28

Em ano de eleição, qualquer declaração está gerando debate na Assembleia

Wendell Reis

Por mais que os deputados falem que não vão levar as disputas eleitorais dos municípios para a Assembleia Legislativa, as reações para qualquer declaração na Casa ficam bastante explosivas em ano de eleição. Nestes casos, uma simples declaração pode gerar imensos conflitos.

Nesta quinta-feira (9) o deputado Márcio Monteiro (PSDB) declarou que o PMDB está preocupado porque pode enfrentar um partido forte em Campo Grande e ainda não tem nem candidato. A declaração do deputado Márcio Monteiro referia-se a um comentário feito por Junior Mochi (PMDB), de que não acreditava que o PSDB teria candidatura em Campo Grande.

Junior Mochi, por sua vez, disse que o partido não escolheu candidato porque é bem avaliado e, por isso, tem bons nomes, precisando de pesquisa para escolher quem merece apoio. Para corrigir o equívoco, o deputado explicou que ainda acreditava em uma composição entre o PSDB e o PMDB em Campo Grande, o que anularia a candidatura do então aliado.

O presidente estadual e pré-candidato do PSDB a prefeitura de Campo Grande, Reinaldo Azambuja, foi o primeiro entre os aliados a declarar que não aceitaria o critério de pesquisas do PMDB. Azambuja acredita que Edson Giroto (PMDB) tem preferência no grupo do governador André Puccinelli (PMDB) e do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). Já o PMDB realiza as últimas pesquisas para escolher entre Paulo Siufi (PMDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Edson Giroto.

Além das confusões por uma ou outra declaração, já é possível observar que os debates eleitorais tendem a se focar na Capital. Na sessão desta quinta-feira (9), o líder do PT na Assembleia Legislativa, deputado Pedro Kemp (PT) criticou as obras de contenção de chuva da Prefeitura e disse que vai solicitar uma investigação do Governo Federal sobre a aplicação dos recursos. O discurso de Kemp é próximo ao do ex-governador Zeca do PT que, recentemente, ao comentar investigações sobre desvios do Fundersul-Combustível no seu governo, de 1999 a 2005, declarou que a imprensa precisava investigar as obras de Campo Grande.

Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions