A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

11/06/2014 15:05

Em audiência, asfalto é principal cobrança na região do Segredo

Kleber Clajus
Semy ressaltou que região concentra maior parcela de investimentos do PAC na Capital (Foto: Izaias Medeiros / CMCG)Semy ressaltou que região concentra maior parcela de investimentos do PAC na Capital (Foto: Izaias Medeiros / CMCG)

Lideranças comunitárias da Região Urbana do Segredo cobraram, nesta quarta-feira (11), o início das obras de pavimentação e drenagem previstas em projeto do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). O lembrete foi feito ao Executivo durante audiência pública na Câmara Municipal de Campo Grande. As intervenções, no entanto, devem ocorrer primeiro em áreas já contempladas com rede de água e esgoto. Na região, apenas o Jardim Columbia não será contemplado pelo recurso federal.

De acordo com o secretário Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, a região concentra maior parcela dos R$ 311 milhões destinados a pavimentação e drenagem na Capital. Ao todo serão investidos R$ 163 milhões com obras iniciando ainda neste mês como, por exemplo, o bairro Morada do Sossego.

“Esse mês começamos alguns trechos para que possamos apresentar a Caixa Econômica Federal as medições que comprovem o início das obras antes de 4 de julho, quando começa o período eleitoral”, explica Semy.

Casos como Nova Lima, José Tavares e Anache serão beneficiados com as melhorias em 2016. O motivo está associado a necessidade de instalação de rede de esgoto e construção de uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) na região, ainda em análise na Águas Guariroba.

Já o Jardim Columbia deve ser beneficiado, caso “sobre recursos e se consiga alocar verba para fazer asfalto em algum trecho”.

Gonçalves Ribeiro de Souza, presidente da associação de moradores do Nova Lima, relembrou promessas de que o bairro teria obras de pavimentação neste ano, o que considera hoje como prioridade. Ele também ressaltou que faltam áreas de lazer, centro de convivência para idosos e academias ao ar livre na região.

A líder do Nossa Senhora das Graças, Rosinei Magalhães, aproveitou a audiência para confirmar a conclusão da UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Cox. A obra, paralisada por cerca de três meses no ano passado, está 50% concluída e atenderá 10,5 mil pessoas. O investimento é de R$ 1,044 milhão.

Sobre o asfalto, Rosinei lembrou que a promessa de asfalto em 2016 só será confirmada pela execução da obra. Em seu bairro serão investidos R$ 15 milhões para pavimentação e drenagem.

Para o vice-presidente do Conselho Regional do Segredo, Paulo César Lima, muitas das reivindicações de 10 anos atrás tem sido resolvidas graças a cobrança em conjunto com o Legislativo.

“Os secretários tem antecipado os problemas já provendo soluções para as demandas dos bairros.

Melhoria no trânsito – Durante a audiência o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Jean Saliba, ressaltou que está em estudo melhorias na rotatória entre a Avenida Tamandaré e Euller de Azevedo. Uma rota alternativa também seria implantada para acesso a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco).

“O ideal é que tivesse ali vários agentes com cones e duas pistas subindo e uma descendo, mas não temos efetivo para isso, porque temos outros pontos de gargalo na cidade”, explicou Saliba que já solicitou a convocação de 30 agentes de trânsito aprovados em concurso.

Saliba comentou ainda que a sinalização será reforçada na região do Segredo e que a linha de ônibus 214 que atende os bairros Recanto dos Cerrados, Vila Marli e Água Limpa será alterada no final do ano letivo para atender anseio de lideranças comunitárias da região.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions