A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/12/2014 17:39

Em balanço final, André destaca equilíbrio financeiro de MS

Leonardo Rocha
Puccinelli espera que novo governador continue arrecadando bem como na sua gestão (Foto: Rachid Wached - Arquivo)Puccinelli espera que novo governador continue arrecadando bem como na sua gestão (Foto: Rachid Wached - Arquivo)

O governador André Puccinelli (PMDB) voltou a ressaltar em sua última inauguração, que o principal destaque de sua gestão foi o equilíbrio financeiro de Mato Grosso do Sul. Ele ponderou que se ampliou a capacidade de endividamento do Estado, resultado de um trabalho intenso junto a arrecadação e cuidado com as contas.

"Nosso destaque é o equilíbrio financeiro, de 181% da receita líquida do Estado, a dívida agora representa apenas 90%. Antes do período eleitoral, o BIRD (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento) nos ofereceu empréstimo de R$ 100 milhões, mas nós não quisemos pegar", destacou ele.

André disse que a capacidade de endividamento do Estado se ampliou e hoje pode chegar até a R$ 160 milhões. "Se o novo governador quiser pode fazer (empréstimo), eu espero que ele continue arrecadando bem como nós, pois dinheiro não aceita desaforo".

Puccinelli ainda acrescentou que contando todos os convênios, pode se ter em caixa do governo até R$ 270 milhões. "Só da Fundems são mais de R$ 4 milhões, ainda do Fundo da PGE (Procuradoria Geral do Estado) que são mais R$ 9,5 milhões e das compensações ambientais, que vai sobrar até R$ 29 milhões, fora o destinado ao Aquário".

Avaliação - O governador não quis fazer uma avaliação de seus dois mandatos, ressaltando que esta tarefa é para população. Sobre o índice de aprovação de quase 60%, de sua administração, segundo a pesquisa realizada pelo IPEMS (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul), ele agradeceu o apoio dos sul-mato-grossenses.

"Tenho que agradecer a generosidade, benevolência que o povo tem conosco, agradeço a todos os cidadãos deste Estado, no dia 2 de janeiro saio do governo, mas vou continuar trabalhando por Mato Grosso do Sul".

Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions