A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/02/2011 17:57

Em Brasília, Puccinelli articula investimentos para ferrovias

Fabiano Arruda

Governador articula investimentos para fortalecer a demanda produtiva

Também participaram do encontro o secretário estadual Carlos Alberto Menezes e o deputado Edson Giroto. (Foto: Divulgação)Também participaram do encontro o secretário estadual Carlos Alberto Menezes e o deputado Edson Giroto. (Foto: Divulgação)

Em agenda no Ministério do Transporte, em Brasília (DF), o governador André Puccinelli (PMDB) solicitou ontem investimentos ferroviários para atender a demanda produtiva em Mato Grosso do Sul.

Os recursos são reivindicados para integrar ferrovia e hidrovia do restante do País á malha em Mato Grosso do Sul. Segundo o governo, essa ligação é primordial para o escoamento da produção industrial, cada vez maior no Estado.

A intenção é buscar recursos federais para colocar MS na rota dos traçados já previstos para o novo sistema ferroviário nacional.

O governador discutiu o assunto em reunião com o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento. Também participaram do encontro o secretário estadual Carlos Alberto Menezes e o deputado federal Edson Giroto.

O tema foi levado ao diretor-geral da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestre), Bernardo Figueiredo, que ouviu explicações de Puccinelli sobre a importância da malha ferroviária nacional estar ligada com Mato Grosso do Sul.

O novo traçado da malha ferroviária nacional que a ANTT vai estudar pode atender os municípios das regiões do Bolsão e de Dourados, interligando as ferrovias do Estado com a Ferrovia Norte-Sul, a Ferroeste e com os ramais de São Paulo, que também estarão ligadas as demais malhas do País.

Atualmente, no Brasil, são 29.637 quilômetros de ferrovias reguladas pela ANTT. Os investimentos serão provenientes do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento).

O deputado federal Edson Girotto afirmou que a intenção nas duas reuniões foi mostrar a importância da interligação do sistema ferroviário brasileiro a Mato Grosso do Sul.

Para o governador André Puccinelli, a construção de linhas ferroviárias vai possibilitar atender uma maior produção, com as indústrias que estão se instalando no Estado, bem como beneficiar toda a cadeia produtiva da agropecuária.

(Com informações da assessoria)



Vcs sabem se este traçado passará pelo Assentamento Itamarati?
 
Junior Amaral Sobrinho em 04/02/2011 08:31:17
Acabaram com a malha ferroviária quinze anos atrás e agora mostram preocupação!
 
Gustavo Capibaribe em 03/02/2011 06:37:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions