A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

10/02/2010 14:34

Em dia de posse, Zeca diz torcer por 2 palanques à Dilma

Redação

O ex-governador Zeca do PT garantiu esta tarde, durante a solenidade de posse de Marcus Garcia na presidência do diretório regional do PT, que está preparado para a disputa ao governo este ano. Segundo ele, o apoio de Lula é facultativo e não altera a decisão de se candidatar.

Zeca do PT reforçou mais uma vez a disputa pelo governo, mesmo sem o apoio declarado de Lula. "Ganhei em 98 sem o apoio de Lula", relembra Zeca. Porém, o ex-governador torce para que Mato Grosso do Sul tenha dois palanques nas eleições, com apoios declarados. "Para mim não há problema, acho preferível", afirma.

A base da disputa com o governador André Puccinelli este ano, segundo Zeca, é a comparação. O ex-governador afirma que quer debater em todos os lugares possíveis com André e comparar os dois governos. "Ele (André) vai ter de agüentar as minhas perguntas e não vai poder chorar lágrimas de crocodilo", ironizou.

Sobre as alianças para compor sua chapa, Zeca do PT reafirmou que o deputado federal Daboberto Nogueira (PDT) e o senador Delcidio farão dobradinha para a disputa ao senado. O vice, provavelmente, será do PTB. Entre os possíveis nomes para a vaga, Zeca citou o do ex-deputado estadual Humberto Teixeira, o do presidente da Acrissul, Chico Maia, de Celito Ribeiro e do "sobrinho neto do Lúdio Coelho", como se refere o ex-governador ao ex-vereador Edmar Neto.

Zeca do PT voltou a comentar a aproximação do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) com a ministra e pré-candidata do PT à presidência, Dilma Roussef e afirmou que passou a ver Nelsinho como um grande líder .

Grande estrela do evento de posse de Marcus Garcia, Zeca afirmou que ainda não sabe se vai participar da solenidade de visita do presidente Lula à Três Lagoas. Também participam da cerimônia filiados do PTB, João Leite Schimidt (PDT), o ex-secretário Raufi Marques, o presidente do PSDC, Eliseu Amarilha, o ex-deputado federal João Grandão (PT) e o ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions