A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

31/10/2012 21:27

Em nota, Júlio Cesar diz não ter responsabilidade sobre pesquisa sem registro

Nyelder Rodrigues

Em nota, a chapa “OAB Forte e Presente”, que concorre à eleição para nova diretoria da seccional do Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), esclarece não qualquer responsabilidade sobre a publicação da pesquisa feita por um jornal semanário da Capital.

A chapa “Renova Ordem” entrou com pedido de cassação do registro de candidatura do Júlio César Souza Rodrigues, apoiado pela situação, e de Carlos Alberto de Jesus Marques, candidato a Conselheiro Federal pela mesma chapa, por causa de uma pesquisa de opinião pública não registrada na comissão eleitoral da OAB.

A pesquisa, relativa às eleições da Ordem, foi publicada em um jornal semanal impresso e eletrônico de Campo Grande, no último domingo (28).

Segundo a nota, a chapa “OAB Forte e Presente” não têm qualquer responsabilidade sobre a publicação e sobre a pesquisa feita, dizendo que apenas foi feita propagação do resultado em perfil pessoal em rede social.

Em contrapartida, é apontado na nota que o candidato Alexandre Bastos, da chapa “Renova Ordem”, em outro momento, também propagou os resultados de pesquisa publicada em outro jornal semanal. No caso, esses resultados eram favoráveis a ele, ao contrário da publicada no último domingo.

Além disso, a chapa se defende dizendo que o candidato Júlio Cesar afirma que não recebeu nenhuma notificação até o momento sobre o caso, e se receber, irá tomar as devidas providências.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions