A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

25/05/2016 16:01

Em nova gravação, Sarney promete ajuda a investigado da Lava Jato

Alberto Dias
Sarney ao lado de Lula (Foto: Reprodução / Agência Brasil)Sarney ao lado de Lula (Foto: Reprodução / Agência Brasil)

Conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, revelam que o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) prometeu que poderia ajudá-lo a evitar que seu caso fosse transferido para a vara do juiz federal Sérgio Moro, em Curitiba (PR), inclusive, sem intermédio de advogado. Machado, que é investigado pela Operação Lava Jato, fechou acordo de delação premiada junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (24).

As conversas, gravadas em março, revelam a preocupação de Sarney sobre a possível delação de Machado. "Nós temos é que fazer o nosso negócio e ver como que está o teu advogado, até onde eles falando com ele em delação premiada", disse o ex-presidente, em um dos diálogos.

Publicação da Folha de São Paulo aponta ainda que as conversas de Sarney envolviam ainda o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e o senador Romero Jucá (PMDB-RR). O texto revela que Sérgio Machado teria dito que não poderia passar por uma iniciativa apenas jurídica, mas que teria que ser também política.

Ao final, Machado pediu que Sarney intermediasse uma reunião deles com Calheiros. À Folha, Sarney respondeu não ter conhecimento das gravações e portanto não poderia opinar.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions