A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

17/12/2014 09:41

Em penúltima sessão da Câmara, vereadores votam 8 projetos e 10 ofícios

Alan Diógenes
Na penúltima sessão ordinária, parlamentares votam oito projetos. (Foto: Kleber Clajus)Na penúltima sessão ordinária, parlamentares votam oito projetos. (Foto: Kleber Clajus)

Os vereadores votam, na manhã desta quarta-feira (17), na Câmara Municipal de Campo Grande, oito projetos e dez ofícios de autoria do Poder Executivo. Um deles de autoria do vereador Carlão (PSB) pretende instalar cercas elétricas nas escolas municipais da Capital para garantir segurança aos estudantes e funcionários das unidades.

Outro projeto do vereador Eduardo Romero (PT do B) em votação pretende instalar “guard rails”, ou dispositivos de proteção contínua em pontes, córregos e viadutos. Ainda do vereador do Carlão, um projeto em votação pretende garantir a transferência dos alunos de mães vítimas de violência doméstica em escolas municipais.

Um projeto de lei de autoria dos vereadores Carlão e Gilmar da Cruz (PRB), que institui o Programa de Acompanhamento para Alunos da Rede Pública Municipal, com Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e com Transtorno de Déficit de Atenção Sem Hiperatividade (TDA), também será votado.

Ainda em votação o projeto de autoria dos vereadores Delei Pinheiro (PSD) e Mario Cesar (PMDB), que dispõe sobre a doação de aparelhos auditivos pelo Poder Público aos alunos das escolas municipais. Também outro de autoria da vereadora Grazielle Machado (PR) e Mario Cesar, que autoriza o Poder Executivo a disponibilizar espaço adequado para a criação e construção de bibliotecas nas escolas municipais.

Por último, outros dois projetos. Um deles de autoria da vereadora Professora Rose (PSDB), que declara de utilidade pública municipal a Associação Getsêmani de Ação Social e Qualificação Profissional, com sede em Campo Grande-MS e dá outras providências. E por fim, o projeto de lei de autoria do vereador Mario Cesar, que declara de utilidade pública municipal o Instituto Atos de Amor, com sede em Campo Grande-MS.

Ofícios - Em Plenário os parlamentares votam ainda 10 Ofícios de autoria do Poder Executivo Municipal, que encaminham para aprovação “Ad Referendum” documentação referente à composição do Conselho Municipal da Juventude (CMJ), do Comitê Gestor do Sistema Municipal de Atenção às Urgências (CGMAU), do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Urbanização (CMDU), do Conselho Regional da Região Urbana do Prosa, do Conselho Regional da Região Urbana do Distrito de Anhanduí, Conselho Regional da Região Urbana do Anhanduizinho e do Conselho Municipal de Meio Ambiente (CMMA).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions