A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

12/02/2015 15:56

Em sessão curta, Câmara atualiza lei para punir som alto em veículos

Kleber Clajus
Lei proposta por Eduardo Romero prevê punição de até R$ 1 mil para motoristas que exagerarem no volume do som (Foto: Izaias Medeiros / CMCG)Lei proposta por Eduardo Romero prevê punição de até R$ 1 mil para motoristas que exagerarem no volume do som (Foto: Izaias Medeiros / CMCG)

A sessão durou pouco mais de uma hora, nesta quinta-feira (12), na Câmara Municipal de Campo Grande com aprovação de projeto que proíbe veículos de emitir som acima do limite previsto na legislação mais restritiva que houver. O apoio veio de 21 vereadores presentes no Plenário Oliva Enciso.

Eduardo Romero (PT), autor do projeto, explicou que a proposta foi de coibir a poluição sonora e o comportamento de motoristas que não se atentam a qualidade de vida dos demais cidadãos. Para chegar ao texto final, no entanto, ele ressaltou que foram realizadas duas audiências públicas sobre a Lei do Silêncio com a participação do poder público e a sociedade.

Resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) já estabelece, desde 2006, limite de som produzido por equipamentos sonoros em veículos. Estes devem ter pressão sonora não superior a 80 decibéis, medidos a 7 metros de distância do veículo.

Dessa forma, caso a lei seja sancionada e regulamentada o infrator será punido com advertência e multa de R$ 1 mil, sendo o valor dobrado em caso de reincidência – período inferior a 3 meses – e quadruplicado em nova tentativa. O recurso arrecadado com as multas será destinado ao Fundo Municipal do Meio Ambiente, a fim de custear campanhas de educação ambiental e trânsito.

Agentes da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo), Polícia Militar Ambiental e Guardas Municipais seriam responsáveis pela fiscalização, podendo recorrer a histórico de reclamações em sua base de dados para constatar irregularidade quando não for possível aferir nível de ruído no local.

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions