A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

22/12/2015 15:59

Em última sessão, Câmara elege nova mesa diretora e aprova 21 projetos

Alan Diógenes e Michel Faustino
Vereadores aprovaram todos os 21 projetos de lei que estavam em votação. (Foto: Fernando Antunes)Vereadores aprovaram todos os 21 projetos de lei que estavam em votação. (Foto: Fernando Antunes)

Na sessão ordinária na Câmara Municipal de Campo Grande, na manhã desta terça-feira (22), os vereadores aprovaram projetos de leis importantes. Também foi escolhida a nova mesa diretora da Casa de Leis e a comissão de recesso que irá trabalhar neste final de não para dar andamento em algumas prerrogativas.

Foi aprovado o projeto de lei de autoria do vereador Marcos Alex (PT) para a criação de um fundo municipal e recuperação de vias. Segundo os parlamentares, o projeto foi votado em regime de urgência devido à grande quantidade de buracos nas ruas da cidades.

Também foi aprovado o projeto de autoria dos vereadores Coringa (PSD), Luiza Ribeira (PPS) e Paulo Siufi (PMDB) sobre a isenção do pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para os portadores de câncer. Todos os 21 projetos que estão em pauta para votação foram aprovados pelos vereadores.

Por 22 votos favoráveis, os parlamentares elegera a nova mesa diretora da Câmara. Ficaram mantidos o presidente João Rocha (PSDB) e o vice-presidente Flávio Cesar (PT do B). Foram eleitos os vereadores Ayrton Araújo (PT) como segundo vice-presidente, Chiquinho Telles (PSD) como terceiro vice-presidente, Carlão (PSB) como primeiro secretário e Vanderlei Cabeludo (PMDB) como segundo secretário.

Houve uma abstenção do vereador Roberto Durães (PT) que estava presente mas decidiu não participar da votação. Ele requereu ao partido participação na mesa-diretora, o partido recusou e ele decidiu declinar do seu voto.

Também na ultima sessão foi definifa a comissão de recesso com cinco vereadores para trabalhar durante o final do ano para dar dar andamento em algumas prerrogativas da Câmara São eles: Carlão (PSB), Paulo Siufi (PMDB), Coringa, Roberto Durães (PT), Gilmar da Cruz (PRB).

Os vereadores aprovaram o requerimento encaminhado ao prefeito para responder sobre o decreto de emergência por conta de estragos de chuvas do começo do mês e por conta de epidemia de dengue. Eles querem saber como está andamento dos serviços para controlar as duas situações.

Estavam ausentes os vereadores Airton saraiva (DEM), Chocolate (PP), Gilmar da Cruz (PRB), Herculano Borges (SD) e Luiza Ribeira (PPS).

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions