A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/04/2016 09:28

Entidades pressionam Bernal para que assine a liberação de R$ 2,2 milhões

Projeto já aprovado pelos vereadores aguarda que o Executivo prossiga com o pagamento

Alberto Dias

Entidades assistenciais mantidas pela Prefeitura de Campo Grande pressionam o prefeito Alcides Bernal (PP) para que assine a liberação de R$ 2.258.000,00, referentes a repasses não realizados em 2016. Na tarde desta quinta-feira (7), 22 representantes das organizações não-governamentais estiveram no Paço Municipal tentando uma reunião com o prefeito, para cobrar a resolução do impasse, sem sucesso.

O projeto, aprovado na terça-feira (5) pela Câmara Municipal, já chegou ao Executivo e aguarda assinatura para o início do trâmite que deve liberar os R$ 2,2 milhões para 31 entidades que estão com os serviços e atendimento ao público comprometidos pela falta de dinheiro.

O valor é parte do projeto que totaliza R$ 4,7 milhões, enviado pelo Executivo ao crivo dos vereadores, e que teria como destino a assistência social do município. Deste total, os parlamentares aprovaram a liberação dos R$ 2,2 milhões, correspondentes às parcelas de janeiro, fevereiro e março que não foram pagas a 31 das 79 entidades mantidas pelo Município.

“Depois que o prefeito assinar, lidamos ainda com um trâmite burocrático de até 25 dias até que a SAS (Secretaria de Assistência Social) libere o recurso”, explicou a coordenadora do Fórum das Entidades Não-governamentais, Sueli Gomes. “No melhor dos cenários o dinheiro chegaria em maio. Como as entidades vão sobreviver até lá? questionou.

Dinheiro em caixa – Em 1º de abril o Campo Grande News informou que tais recursos já foram enviados pelo Governo Federal, por meio do FNAS (Fundo Nacional da Assistência Social). Em 28 de fevereiro, o saldo de repasses acumulados nas contas da Prefeitura passava de R$ 7 milhões, conforme demonstrativo do SUAS (Sistema Único da Assistência Social), referente aos pagamentos oriundos do FNAS (Fundo Nacional de Assistência Social).

Bernal promete pagamento - Na segunda-feira (4), o prefeito afirmou à reportagem que “toda entidade que estivesse em dificuldade deveria comparecer à prefeitura” e ponderou que o não repasse poderia ser devido à problemas com documentos ou outras pendências. No entanto, os representantes reclamam que a equipe de Bernal não forneceu nenhum parecer ou previsão sobre o pagamento, durante a visita na tarde de ontem.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions