A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

29/12/2014 11:39

Equipe de Reinaldo espera apenas alguns documentos para fechar transição

Leonardo Rocha
Equipe de transição de Reinaldo elogia trabalho desenvolvido e diz que faltam apenas alguns documentos complementares (Foto: Marcelo Calazans)Equipe de transição de Reinaldo elogia trabalho desenvolvido e diz que faltam apenas alguns documentos complementares (Foto: Marcelo Calazans)

A equipe de transição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ainda espera alguns documentos complementares para fechar o relatório final do período de transição, que começou no dia 12 de novembro, em visitas as secretarias do governo estadual. O grupo tucano elogiou a postura da atual gestão, que ajudou nos trabalhos para sucessão estadual.

O assessor jurídico da equipe de Azambuja, Felipe Matos, ressaltou que o trabalho desenvolvido por este período foi satisfatório e que estas informações serão importantes para o início da gestão tucana, a partir do dia 1° de janeiro.

"Bom trabalho realizado, falta agora apenas alguns documentos complementares para que possamos fechar o relatório final", disse ele. Em relação as contas do governo, o assessor ponderou que ficará a cargo de Reinaldo fazer sua análise e discussão.

Entrega - O governador André Puccinelli fez a entrega das documentações das 15 secretarias, além das fundações e autarquias em duas etapas, uma no começo de dezembro e outra no dia 10 do mesmo mês, com informações sobre a Segurança Pública, Saúde, Habitação e Cidades.

As reuniões de transição que começaram na Setas (Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social), no dia 12 de novembro, terminaram no dia 26 do mesmo mês, restando depois apenas as conversas com os secretários e entrega de documentos.

A equipe de Reinaldo foi formada por: Ademar da Silva Junior, Alessandro Menezes de Souza, Athayde Nery, Carlos Alberto de Assis, Eduardo Corrêa Riedel, Felipe Mattos, João Bosco de Castro Martins, Luiz Alberto de Oliveira Azevedo, Marcio Monteiro, Marcia Cecília Amendola, Nelson Barbosa Tavares, Rose Modesto, Sérgio de Paula, Sílvio Cesar Maluf e o coordenador Marcelo Miglioli.

Já no grupo de trabalho de Puccinelli esteve Thie Higushi, que chefiou a equipe, o assessor jurídico da Casa Civil, Carlos Roberto de Marchi, o Neno, assim como do diretor geral de Orçamento da Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, de Planejamento, de Ciência e de Tecnologia), Nelson Shiguenori Tshushima e do secretário-adjunto da Sefaz, André Cance.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions