A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/06/2010 11:54

Ex-assessor do Governo será 2º suplente de Dagoberto

Redação

O secretário geral do PP, Raimundo Nonato, que até abril ocupava cargo de direção e assessoramento na Secretaria do Governo, será o segundo suplente do deputado Dagoberto Nogueira (PDT), na disputa pelo Senado, conforme definido esta manhã, durante convenção.

A primeira suplente é a ex-primeira dama do Estado, Gilda dos Santos, que nos bastidores é considerada um plano B, caso a candidatura de Dagoberto seja impedida por conta da Lei da Ficha Limpa, que impede condenados pela Justiça a disputarem cargos políticos.

O PDT deve lançar 14 candidatos a deputado estadual e seis a federal. A convenção deste domingo deve confirmar coligação, na proporcional, com PSL. O partido tem como propósito eleger três deputados estaduais e um federal.

Dagoberto Nogueira, que acabou de discursar, afirmou que quer concentrar a campanha mais em Campo Grande, onde há 38% do eleitorado.

Segundo ele, pesquisas qualitativas e quantitativas apontaram vantagens na disputa.

Sobre ser um candidato "ficha suja", por ter sido condenado por improbidade quando à frente do Detran, Dagoberto disse que sempre teve "imagem forte" por "nunca ter feito coisas errados" e que acha "natural adversários usarem a tática de colar a ficha suja nele", mas finaliza dizendo que não "vai colar" por sempre foi ético.

O deputado define a campanha de 2010 como "pesada" e afirma que já esperava por isso. Neste momento discursa o candidato a governo Zeca do PT.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions