A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

15/03/2016 17:29

Ex-governador se defende e diz que acusações de Delcídio são sem sentido

Priscilla Peres

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) se defendeu das acusações feitas pelo senador Delcídio do Amaral em delação premiada e, por meio de nota, afirmou que elas não fazem sentido. O parlamentar afirma que o peemedebista mantinha um acordo ilícito de desvio de recursos com o Ministério dos Transportes.

Na nota encaminhada à imprensa, o ex-governador afirma que "não faz o menor sentido porque isso nunca aconteceu comigo". A denúncia é de que o acordo visava descentralizar investimentos federais no Estado, para facilitar a arrecadação de propina que seria repassada aos partidos PR e PMDB.

Na delação, Delcídio afirma que o acordo foi feito entre André Puccinelli, seu então secretário de Obras, Edson Giroto e o ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento. O senador afirmou que essa operação ilegal serviu para "irrigar de forma espúria as campanhas eleitorais do PR e do PMDB no Estado e do PR Nacional".

A delação premiada de Delcídio do Amaral, com 400 páginas, foi homologada nesta terça-feira (15) pelo ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions