A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

03/05/2018 16:37

Fábio Trad apresenta projetos sociais e pede recursos a ministro

Parlamentar mostrou trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Campo Grande para auxiliar pessoas com vulnerabilidade

Gabriel Neris
Acompanhado do ex-ministro Osmar Terra, deputado entrega projetos ao ministro Alberto Beltrame (Foto: Divulgação)Acompanhado do ex-ministro Osmar Terra, deputado entrega projetos ao ministro Alberto Beltrame (Foto: Divulgação)

O deputado federal Fábio (PSD) se reuniu com o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, para apresentar projetos sociais e solicitar recursos da União para projetos da Prefeitura de Campo Grande que possam beneficiar pessoas em estado de vulnerabilidade social.

Conforme o parlamentar, foram apresentados oito projetos desenvolvidos pela prefeitura. Cinco deles têm apelo econômico-social, de inclusão e geração de renda por estimular famílias que sobrevivem da agricultura familiar, como a implantação de mercados públicos, o fomento ao desenvolvimento da produção agropecuária da agricultura familiar, estruturação de serviços de apoio técnico à psicultura da agricultura familiar, comercialização da produção da agricultura familiar, e o fomento à produção de hortaliças e frutas orgânicas da agricultura familiar.

“Agradeço o apoio fundamental do ex-ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. Foi uma audiência extremamente produtiva. Fui muito bem recebido pelo ministro Beltrame, que tem um enorme carinho por Campo Grande e por Mato Grosso do Sul e mobilizou a equipe técnica do Ministério já para as primeira providências no sentido de viabilizar, senão todos, pelo menos grande parte dos pleitos”, destacou Fábio Trad.

De acordo com os projetos apresentados, o Restaurante Popular Solidário atenderá moradores dos grandes bolsões de vulnerabilidade, como o Caiobá e Los Angeles, oferecendo boa alimentação e preços acessíveis.

Entre os projetos estão o Centro-Dia do Idoso, que beneficiará pessoas com mais de 60 anos em situação de risco e carência social nas regiões do Anhanduizinho e Lagoa; e o Centro-Dia de Microcefalia, que vai oferecer durante os períodos matutino e vespertino cuidados complementares e suplementares às crianças diagnosticadas e os familiares. No local haverá diversos serviços que vão de cuidados básicos, como higiene, alimentação até vestuários, apoio de acessibilidade de comunicação, compreensão, visão e audição.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions