A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/09/2013 19:03

Fábio Trad critica corte no orçamento da CGU e cita distanciamento do governo

Elverson Cardozo

O deputado estadual Fábio Trad (PMDB-MS) criticou, nesta terça-feira (17), na Câmara de Deputados, o corte do orçamento da Controladoria Geral da União ao longo de 3 anos do Governo Dilma Roussef. O parlamentar disse que a “asfixia financeira” compromete o trabalho interno, fundamental no combate à corrupção.

Isso, relatou, coloca em risco o funcionamento regular da CGU e revela o distanciamento de parte do governo com o clamor popular, que foi às ruas clamando pelo combate à corrupção e a melhoria na aplicação dos recursos públicos.

Ele relatou que a controladoria enfrenta dificuldades para custear despesas de água luz, de fornecedores, entidades parceiras e está sem recursos, inclusive, para o pagamento de diárias.

Trad também informou, levando em conta a execução orçamentária dos últimos três anos, que entre 2010 e 2013 os investimentos na CGU caíram 84%, de R$ 2,7 milhões para R$ 433 mil.

Como reflexo do corte médio de 20% nos recursos destinados à Controladoria, o repasse médio mensal caiu de R$ 3,3 milhões em 2010 para R$ 2,6 milhões neste ano. Para agravar a situação, o Projeto de Lei Orçamentária de 2014 (PLOA/2014) prevê reduzir ainda mais R$ 1,9 milhão nas despesas correntes da CGU, isto é, nos gastos com custeio - essenciais ao desenvolvimento dos trabalhos de campo.

O deputado alerta que, se nada for feito, haverá decréscimo de 8% nas despesas com o custeio, considerando a estimativa de inflação. Em relação aos investimentos, o orçamento 2014 reduzirá em 27,5% a alocação dos recursos ordinários do Tesouro Nacional.

Em 2013, a lei orçamentária autorizou R$ 18,7 milhões em investimentos com tecnologia, sistemas, construções e reformas do órgão. Para o próximo ano, a previsão é que apenas R$ 13,5 milhões serão oriundos dessa fonte.

(Com assessoria)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions