A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/11/2014 13:58

Fábio usa redes sociais para rebater colega, e eleva rumores sobre futura gestão

Ludyney Moura
Fábio não gostou de uma suposta declaração de um correligionário e voltou a criticar o partido nesta semana (Foto: Divulgação)Fábio não gostou de uma suposta declaração de um correligionário e voltou a criticar o partido nesta semana (Foto: Divulgação)

O deputado federal Fábio Trad (PMDB), usou as redes sociais nesta segunda-feira (10) para rebater um correligionário, o deputado estadual Eduardo Rocha, líder do PMDB na Assembleia, que teria apresentado dificuldades em indicar Fábio para integrar o governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), na cota da legenda.

"Se for convidado a integrar a gestão de Reinaldo, não serei na cota do partido, mas em virtude de outros fatores que passam ao largo do partido que me boicotou. Caso não seja ou não aceite o convite, reitero: tenho profissão e a exercerei com a mesma dignidade e entusiasmo de sempre, pois não sou político profissional que precisa se humilhar e transigir com princípios para ter um cargo ou emprego na gestão pública", declarou Fábio Trad.

Desde o resultado final das eleições proporcionais, Fábio, que ficou como primeiro suplente à Câmara Federal na coligação peemedebista, não tem poupado as críticas feitas ao seu partido. Ele cobra renovação e troca de comando nos quadros da legenda.

"Sugiro ao Eduardo Rocha que não se preocupe em me boicotar agora, pois desde o início da campanha sofro boicote do partido que não tolera quem tem opinião própria e coragem para divergir programaticamente de algumas posições adotadas pela maioria submissa e dependente", disparou.

Fábio e seu irmão Marquinhos Trad, deputado estadual, tem sinalizado a intenção de deixar o PMDB no próximo ano. O primeiro, tem seu nome cogitado para integrar o primeiro escalão da gestão tucana, ou voltar ao Congresso Nacional caso um dos eleitos assuma, em 2015, uma secretaria de Estado.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions