A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/11/2010 11:08

Fiems e Moka defendem verba para Indústria no orçamento

Redação

O presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, o deputado federal por Mato Grosso do Sul Waldemir Moka (PMDB), defendeu ontem (24/11), em Brasília, durante reunião na CNI (Confederação Nacional da Indústria), que Orçamento Geral da União destine mais recursos para a infra-estrutura, como forma de incentivar o desenvolvimento industrial do País. "O Brasil precisa dar mais atenção à questão de infraestrutura, pois estamos crescendo a taxas de 6% ao ano e, sem investimento nessa área, o País vai travar", afirma o deputado, eleito senador este ano.

Moka defende que, "no momento atual, precisamos de recursos para reformar os nossos portos e aeroportos, bem como melhorar as nossas rodovias, hidrovias e ferrovias".

Durante a reunião, o presidente da CNI, Robson Braga, reforçou que o setor industrial considera pouco a destinação de apenas 1,1% do Orçamento Geral da União para investimento em infraestrutura, o que representa algo em torno de R$ 44 bilhões.

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, que também participou da reunião, explicou que a proposta da CNI é que o percentual reservado para gastos com infraestrutura seja de pelo menos 2% do Orçamento 2011. "O percentual atual de 1,1% está bem aquém das necessidades de investimento em logística de transporte, sendo insuficientes para atender o crescimento atual do País", disse.

Resposta - Moka e o relator-geral do Orçamento, senador Gim Argello (PTB-DF) recomendaram que os representantes da CNI se reúnam com as bancadas federais dos seus respectivos Estados para buscar uma melhor destinação de recursos para investimento em infraestrutura. "A alternativa é que esses recursos aumentem por meio de emendas parlamentares", sugeriu Waldemir Moka. Ele sugeriu, ainda, uma reunião com o relator setorial de infraestrutura da Comissão Mista de Orçamento, deputado federal Leonardo Quintão (PMDB-MG).

Sobre Mato Grosso do Sul, o presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional afirmou que projeto pessoal do governador reeleito André Puccineli (PMDB) deixar o Estado no caminho da industrialização e para isso conta com o apoio do presidente Sérgio Longen. "Atualmente, o Governo do Estado e a Fiems têm sido grandes parceiros nesse sentido de colocar o Estado nos trilhos da industrialização. O governador já deu esse primeiro passo e eu quero contribuir com a consolidação desse processo, pois há um desejo do Governo e dos empresários em caminhar nesse sentido", afirmou.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions